Residências artísticas de Guimarães passam para as freguesias

O projeto de descentralização cultural de Guimarães atingiu uma nova etapa com várias residências artísticas a assumirem o papel principal da programação artística do ExcentriCidade. Para este ano de 2024 o Município de Guimarães repõe a rotatividade de freguesias com Guardizela, Prazins Sta. Eufémia e Infantas a acolherem processos de residências artísticas, um processo interrompido pela pandemia.

Após ciclos e experiências muito positivas, no âmbito das propostas apresentadas no ExcentriCidade em localidades como Ronfe ou Brito com processos artísticos a envolver a comunidade, o programa vimaranense que leva cultura às vilas e freguesias do concelho de Guimarães desde 2016, pretende focar-se em projetos de residências artísticas nos próximos meses, proporcionando um contacto mais próximo com a comunidade. Moreira de Cónegos, Briteiros e Taipas já iniciaram novo modelo de criação e apresentação artística para esta nova fase.

Para estes novos projetos em implementação, a convocatória é feita a toda a comunidade vimaranense onde podem mostrar os valores e o quotidiano dos seus territórios, e utilizado como objeto artístico em cada um dos espetáculos finais. Nas próximas semanas haverá novas open-calls para as freguesias de São Torcato, Prazins Sta. Eufémia, Briteiros e Barco.

Com propostas ecléticas que abrangem a música, o teatro, a dança, o cinema ou as artes visuais, o ExcentriCidade contará com coletivos da região para fomentar o modelo de criação, como a Ondamarela, a Academia de Bailado de Guimarães, ATrama, a Fuga Pela Escada, a ETCetera, os TetrAcord’Ensemble, a Krisálida, o Bando à Parte ou artistas locais como Mário Gonçalves, Maria Oliveira e Alexandre Gonçalves.

Para além das residências artísticas, que este ano pautam o processo de investimento cultural do Município de Guimarães nas freguesias, há ainda espaço para apresentações inseridas em eventos a decorrerem em várias freguesias do concelho, como é o caso dos Banhos Velhos, em Caldelas, o Festival Vivências, em Brito, ou o Rock in Barco, nas margens do Rio Ave. 

Encontre toda a programação cultural no site https://em.guimaraes.pt.

Residências

MOREIRA DE CÓNEGOS 
Academia de Bailado de Guimarães 
Espetáculo Final: 11 de maio 
Grupo Cultural e Recreativo de Moreira de Cónegos

CALDELAS  
ATrama  
Espetáculo Final: 25 de maio 
Auditório dos Bombeiros das Taipas

BRITEIROS 
Alexandre Gonçalves + Marisa Oliveira 
Espetáculo Final: 15 de junho  
Museu da Cultura Castreja

RONFE  
Academia de Bailado de Guimarães 
Espetáculo Final: 20 de julho  
Salão Paroquial de Ronfe

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Mais de 2.500 pessoas recriam em Braga debate do 26 de Abril de 1974

Próximo Artigo

Apreendida cocaína para 35 mil doses individuais no aeroporto de Lisboa

Artigos Relacionados
x