Seguir o O MINHO

Braga

PSP de Braga apela à colaboração dos vizinhos para evitar furtos em residências

‘Larápios’ atuam sobretudo durante o dia

em

Foto: O MINHO

O comando distrital da PSP em Braga solicitou hoje uma “maior colaboração dos vizinhos” de habitações que se encontrem temporariamente vazias face à ausência dos residentes por se encontrarem de férias ou a trabalhar.

Numa nota publicada nas redes sociais, aquele comando informa que o número de residências que integram o programa “Chave Segura”, onde os residentes informam a PSP que se vão ausentar de casa e que a mesma ficará sem ninguém, é inferior ao número de residências temporariamente vazias.

“(…) solicita-se uma maior colaboração dos vizinhos, nomeadamente quando se aperceberem de pessoas estranhas nas imediações”, apela a PSP.

“Porque a prevenção nunca é demasiada”, a PSP relembra alguns conselhos antes de se ausentar:

Verifique se as portas e janelas estão bem fechadas;
Peça a um vizinho ou familiar que abra regularmente as persianas ou cortinas durante o dia e ligar a iluminação interior algumas noites;
Não deixe acumular a correspondência na sua caixa de correio;
Guarde em lugar seguro joias, dinheiro, valores e objetos.

“Se ainda vai de férias, aconselhamos a aderirem ao programa ‘Verão Seguro – Chave Direta’ que é gratuito e pode ser solicitado no site da PSP através do link https://veraoseguro.mai.gov.pt/Pages/Home.aspx ou numa esquadra da PSP”, termina a nota.

Vaga de furtos em moradias e apartamentos durante o dia em Braga

A vaga de furtos diurnos em moradias e apartamentos de Braga está a preocupar as autoridades policiais e os moradores, depois de mais de uma dezena de casos registados ao longo das duas últimas semanas.

Fonte da PSP disse a O MINHO que esta ‘onda’ não tem poupado andares superiores de prédios em locais densamente mais povoados, como é o caso de algumas das principais urbanizações e zonas 30 da cidade.

A mesma fonte indicou que estes ‘assaltos’ ocorrem em residências que estão temporariamente vazias face ao período de férias dos residentes, ou porque os residentes estão fora a trabalhar durante o dia.

“Desenvolvem novas técnicas, estão organizados e o número tem vindo a aumentar durante esta semana”, avançou a mesma fonte, apontando progressão aos métodos de atuação dos ‘larápios’.

Populares