Seguir o O MINHO

Cávado

PSD/Barcelos acusa: Costa Gomes gastou 3 mil euros em infomail com “propaganda pessoal”

em

O PSD/Barcelos criticou hoje o presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes (PS), pela “utilização de dinheiro público” para pagar “um folheto de propaganda pessoal”, distribuído na sequência da cisão no seio do executivo socialista.

Em comunicado, o PSD pergunta quantas casas de habitação poderiam ser melhoradas, quantas bolsas de estudo poderiam ser atribuídas, quantas famílias poderiam ser apoiadas ou quantos projetos de juntas/associações poderiam ser aprovados “com o dinheiro que aquele folheto custou aos cofres” municipais.

Em causa um infomail em que Miguel Costa Gomes emite uma “mensagem de tranquilidade” aos munícipes, assegurando que as recentes alterações verificadas no executivo, com a redistribuição de pelouros, “não perturbam o normal funcionamento da Câmara e dos seus serviços”.

Recorde-se que a Câmara tem, neste momento, apenas dois elementos com funções executivas: o presidente e a vereadora Armandina Saleiro.

Em maio, Costa Gomes retirou os pelouros a Domingos Pereira, também presidente da Concelhia socialista.

Em solidariedade com Domingos Pereira, outros três vereadores socialistas renunciaram também aos pelouros.

“Garanto-vos que os interesses dos barcelenses estão salvaguardados e que o rigor e a transparência são os únicos critérios de gestão que existem na Câmara Municipal, ficando de parte quaisquer interesses pessoais”, acrescenta Costa Gomes, no infomail.

O PSD aponta vários exemplos do que considera ser falta de rigor e de transparência na gestão do município, e diz que o infomail não passa de “um folheto” para “exibição, promoção e propaganda pessoal” do presidente da Câmara.

“Mais uma vez, o presidente e o executivo PS desperdiçaram o dinheiro público dos barcelenses para fazer propaganda pessoal e exibição de vaidades”, refere o PSD, manifestando “total repúdio” pela iniciativa.

Miguel Costa Gomes não quis responder às críticas do PSD.

Fonte da Câmara disse apenas que foram feitos 45 mil exemplares do infomail, que custaram 2700 euros.

“Com despesas de correio e o encarte num jornal local, os custos andarão à volta dos 3000 euros”, acrescentou a fonte.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Barcelos. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares