Seguir o O MINHO

Braga

“Centro de dia” para doentes neurodegenerativos abre no sábado em Braga

em

A primeira fase do Centro Multidisciplinar de Doenças Neurodegenerativas, uma espécie de centro de dia destinado essencialmente a pessoas com esclerose múltipla, abre no sábado, em Braga, foi anunciado esta terça-feira.

O presidente da Associação Todos com a Esclerose Múltipla (TEM), Paulo Pereira, explicou que aquele centro se distingue dos tradicionais centros de dia pelo facto de se destinar a utentes “muito mais jovens”.

“Os doentes com esclerose têm, em média, entre os 25 e os 45 anos”, referiu.

No centro, que tem as portas abertas também para portadores de Parkinson ou de Alzheimer e capacidade para acolher 24 pessoas, os utentes beneficiarão de serviços de Psicologia, Terapia Ocupacional e Terapia da Fala.

“Mas caso seja necessário para qualquer outra situação, temos o nosso corpo clínico”, acrescentou Paulo Pereira.

Nesta primeira fase do centro, a TEM investiu cerca de 40 mil euros, “sem quaisquer apoios estatais ou camarários”.

A segunda fase passará pela aquisição do equipamento necessária para o funcionamento da Fisioterapia, que significará igualmente um investimento a rondar os 40 mil euros.

Neste momento, a Fisioterapia é ministrada nas instalações do Instituto Superior de Saúde do Alto Ave, em Póvoa de Lanhoso.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Braga. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

EM FOCO

Populares