Seguir o O MINHO

Barcelos

Processo para nova ETAR em Macieira de Rates “a decorrer nos prazos normais”

em

Foto: DR/Arquivo

O presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, afirmou esta sexta-feira que o processo relativo à construção da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) em Macieira de Rates, naquele concelho, “está a decorrer nos prazos normais”.

A construção da nova ETAR, que foi aprovada em reunião do executivo municipal em dezembro de 2017, com um prazo de nove meses, ainda não foi iniciada, tendo o presidente da Câmara de Barcelos afirmado hoje, no final da reunião privada do executivo, que “tudo está a decorrer dentro dos prazos normais daquilo que é o procedimento de um concurso público”.

A obra, que conta com um investimento de 1,5 milhões de euros, inclui rede de águas residuais, redes de distribuição de água potável e de processo e serviço, arranjos exteriores, via de acesso, equipamentos eletromecânicos, instalações elétricas e trabalhos finais.

Segundo o presidente da Câmara, existe “uma componente jurídica enorme, que está a ser trabalhada na base daquilo que foi a informação recolhida por todos os técnicos” e que vai ser trabalhada em conjunto para “validar o que está feito e enviar depois à Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR)”.

“Mais preocupado que eu, ninguém está. A resposta que tem que ser dada à ERSAR é complexa, muito técnica”, afirmou.

Miguel Costa Gomes ressalvou ainda que “o trabalho que está a ser feito é corresponder tecnicamente às necessidades levantadas pela ERSAR, mas também com o trabalho com Tribunal de Contas”.

Populares