Seguir o O MINHO

Guimarães

Prisão preventiva para suspeito de violar enteada de oito anos e filmar em Guimarães

Pedofilia

em

Foto: O MINHO

O homem de 31 anos que foi detido em Guimarães pela PJ, fora de flagrante delito, pela prática de inúmeros crimes de violação, abuso sexual de crianças e pornografia de menores (agravados), vai ficar em prisão preventiva, disse a O MINHO fonte judicial.

Pelo que foi possível apurar, o suspeito vai agora aguardar julgamento no Estabelecimento Prisional de Vale do Sousa, em Paços d e Ferreira.

Em comunicado, a PJ referiu esta manhã que “os crimes tiveram início em setembro de 2020 e persistiram até meados do corrente mês de julho, no interior da habitação onde o detido residia juntamente com a sua atual companheira e a filha desta, menor de idade”.

O MINHO sabe que o último ‘ataque’ sexual ocorreu no dia 16 de julho, e que foi nesse mesmo dia que a mãe da vítima apresentou queixa contra o companheiro.

Jornal de Notícias adiantou que a vítima, enteada, tem oito anos e o agressor fotografava e filmava as violações.

Segundo aquele jornal, foram apreendidos vários registos que indicam que o homem foi o autor de inúmeros crimes de violação, abuso sexual de crianças e pornografia de menores, todos agravados pelo facto de residir com a vítima.

A menina nunca verbalizou os abusos que sofria. A mãe só descobriu os abusos recentemente e apresentou queixa, de imediato, no posto da GNR das Taipas.

“Os factos em investigação foram recentemente denunciados, tendo sido desenvolvidas diligências que levaram à detenção do suspeito”, acrescenta o comunicado.

Populares