Seguir o O MINHO

Braga

Prisão preventiva para homem que espancou a namorada quase até à morte em Braga

Violência doméstica

em

Suspeito a sair da Polícia Judiciária. Foto: O MINHO

Um juiz de instrução criminal no Tribunal de Guimarães aplicou hoje prisão preventiva a um homem que na madrugada de domingo agrediu “violentamente” a namorada na praia de Adaúfe, em Braga, disse fonte da Polícia Judiciária.

Segundo a fonte, o arguido, Amândio Vaz, de 33 anos, está indiciado por homicídio qualificado, na forma tentada.

As agressões, a murro e pontapé, ocorreram cerca das 03:00.

A vítima foi transportada para o Hospital de Braga, em estado considerado grave.

Como O MINHO noticiou em primeira mão, a GNR deteve este domingo um homem, em Braga, por tentar matar a namorada, tendo o processo transitado para a Polícia Judiciária, que reconstituiu, ainda ontem, o crime no local dos factos, a Praia Fluvial de Adaúfe.

O agressor, de 33 anos, de nacionalidade cabo-verdiana, estava com a namorada, que conhecia há menos de meio ano, durante um convívio, em plena Praia Fluvial de Adaúfe, quando a dada ocasião, cerca das 03:00, de sábado para domingo, infligiu sucessivamente socos e pontapés, em zonas sensíveis do corpo da vítima, de nacionalidade brasileira, de 43 anos, deixando-a logo num estado clínico muito grave, em risco de morte.

Valeu-lhe a rápida intervenção de uma patrulha do Posto da GNR de Braga, que deteve imediatamente o alegado agressor, enquanto acionava pronta assistência médica à vítima, que ficou com o rosto irreconhecível, com muitos ferimentos.

Populares