Seguir o O MINHO

Barcelos

Graciela, de Barcelos, fica pelo caminho no Festival da Canção

Festival da Canção RTP

em

A cantora barcelense Graciela Coelho falhou o apuramento na noite de sábado para a final do Festival da Canção, numa emissão em direto transmitida pela estação televisiva RTP.

Com a música “A vida sem acontecer”, Graciela foi um dos cinco intérpretes menos votados nesta segunda semi-final, não acompanhando assim a também barcelense Fábia Maia para a final do próximo sábado.

Eu.Clides, Carolina Deslandes, Pedro Gonçalves, Neev e Joana Alegre são os cinco finalistas desta noite.

Sobre Graciela

Com currículo firmado no circuito rock/alternativo nacional, Graciela integra bandas de relevo como Dear Telephone e White Haus, com as quais já pisou alguns dos principais palcos e festivais do país.

Nos White Haus trabalha com o compositor João Vieira, natural do Porto, também conhecido como DJ Kitten e fundador dos X-Wife.

Para Graciela, “A vida sem acontecer” é uma canção com a “assinatura do João [Vieira], reflete muito a linguagem do trabalho dele, principalmente do seu projeto mais pessoal, White Haus, e é uma mistura de eletrónica, disco-punk e pop”.

Em declarações a O MINHO antes do festival, Graciela Coelho explicou que já conhece e toca com João Vieira “há muitos anos e não é propriamente novidade cantar músicas dele”, mas reconhece que quando recebeu o convite ficou “muito reticente”.

“Demorei algum tempo para aceitar o convite, até. Precisei de pensar, pesar na balança. Depois disse-lhe que queria conhecer a música (por isso, a música não foi feita a pensar em mim especificamente – mas com a ideia atrás da orelha). Depois de ouvir música, quis perceber se me encaixava, ou não, e a verdade é que me fui apaixonando”, afirmou.

A final está marcada para o próximo dia 06 de março, na RTP, e o vencedor representará Portugal no concurso da Eurovisão.

Populares