Seguir o O MINHO

Alto Minho

Ponte de Lima apoia 40 crianças com necessidades educativas especiais

em

A Câmara de Ponte de Lima vai garantir, este ano letivo, a 40 crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE) ou com multideficiência, o acesso à hipoterapia, em ações a decorrer na Área Protegida do concelho.

Segundo avançou, esta quinta-feira, o presidente da Câmara, Vítor Mendes, o projeto visa “melhorar a qualidade de vida de crianças de várias instituições do concelho, proporcionando-lhes um conjunto de atividades direcionadas para o desenvolvimento biopsicossocial, visando a sua integração, autonomia e inserção social”.

Aquele apoio, que integra o protocolo a celebrar na sexta-feira na Quinta de Pentieiros, situada na Área de Paisagem Protegida, entre a autarquia limiana e os agrupamentos de escolas de Arcozelo, António Feijó e a Associação dos Amigos da Pessoa Especial Limiana, vai proporcionar às crianças a prática de “atividades equestres, com fins terapêuticos”.

“As atividades equestres, com fins terapêuticos, permitem obter excelentes resultados ao nível cognitivo, emocional e social”, sustentou.

Através daquela parceira, iniciada em 2009, “a Câmara disponibiliza, a título gratuito, as infraestruturas, os equipamentos, recursos humanos e animais dedicados às atividades equestres, disponíveis nos serviços da Área Protegida”.

Já as três instituições, abrangidas por aquele protocolo, “comprometem-se a identificar, anualmente, os alunos que pretendem ver integrados nas atividades, bem como a definir, em função da disponibilidade de acolhimento do Serviço Área Protegida, o programa e calendarização das atividades equestres a realizar”, assumindo eventuais encargos inerentes aos seguros e transporte das crianças.

Populares