Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Politécnico de Viana lança novo curso para formar técnicos para fábrica de vacinas

Indústria biotecnológica

em

Foto: DR / Arquivo

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) vai lançar no próximo ano letivo um novo Curso Técnico Superior (CTeSP) na área da indústria biotecnológica, com 30 vagas, para responder às necessidades da farmacêutica Zendal, foi hoje divulgado.

A nova fábrica do grupo espanhol, em construção em Paredes de Coura, num investimento de 15 milhões de euros, deverá começar a produzir vacinas em dezembro.

“A falta de recursos humanos qualificados fez com que o IPVC acedesse ao desafio do grupo farmacêutico espanhol Zendal para a criação de um CTeSP na área da indústria biotecnológica”, informou a instituição de ensino superior, sublinhado que o curso, que vai iniciar-se com 30 vagas, vai ser ministrado na Escola Superior Agrária (ESA), localizada em Ponte de Lima.

O curso tem duração de dois anos, sendo que o segundo será de estágio no grupo espanhol.

“O curso, já aprovado, abre vagas este ano pela primeira vez, com o objetivo de formar técnicos para exercerem funções em bioindústrias ligadas sobretudo à biotecnologia farmacêutica e alimentar”, explica o IPVC, em nota enviada às redações.

Os alunos que frequentarem este curso “vão sobretudo desenvolver competências para participar, gerir e controlar operações de fabrico e controlo da qualidade de produtos farmacêuticos, biotecnológicos e afins, organizando a operação, arranque e paragem dos processos, instalações e equipamentos, no cumprimento das normas de segurança, prevenção de riscos e proteção ambiental”.

No final, “podem integrar os quadros intermédios de empresas dos setores farmacêutico, alimentar e outras indústrias de base biotecnológica ou onde a manipulação ou o controlo de produtos ou culturas de origem biológica seja realizado”.

“O IPVC, a Zendal, a Câmara de Paredes de Coura e a EPRAMI (Escola Profissional Alto Minho Interior) têm desenvolvido esforços conjuntos de forma a preparar o arranque deste curso e alinhar a oferta formativa nesta área, desde o ensino secundário e profissional até ao ensino superior, incluindo CTeSP, licenciaturas e mestrados”, referiu o politécnico.

Com cerca de cinco mil alunos, o IPVC tem seis escolas – de Educação, Tecnologia e Gestão, Agrária, Enfermagem, Ciências Empresariais, Desporto e Lazer -, ministrando 28 licenciaturas, 40 mestrados, 34 CTeSP e outras formações de caráter profissionalizante.

Além das escolas superiores de saúde, educação e tecnologia e gestão, situadas em Viana do Castelo, o IPVC tem escolas superiores instaladas em Ponte de Lima (Agrária), Valença (Ciências Empresariais) e Melgaço (Desporto e Lazer).

Com sede em Porriño, na Galiza, a Zendal é uma das empresas espanholas que está envolvida no desenvolvimento de vacinas contra a covid-19.

A Zendal é a marca corporativa do grupo de biotecnologia que reúne sete empresas focadas em pesquisa, desenvolvimento, fabricação e comercialização de vacinas para saúde humana e animal e outros produtos de alto valor agregado para a área da saúde.

O grupo integra as seguintes empresas: CZ Vaccines, Biofabri, Probisearch, Vetia, Petia, Zinereo e Bialactis.

A empresa tem mais de 350 trabalhadores, a maioria “altamente qualificados”.

A unidade inclui 15 áreas de produção diferentes. Atualmente, exporta produtos de saúde animal e humana para 65 países.

Populares