Seguir o O MINHO

Região

O MINHO próximo dos 600 mil leitores mensais

Objetivo é chegar a um milhão até ao final do ano

em

Foto: DR

Depois de ter ultrapassado, pela primeira vez na sua história, os 500 mil leitores, no final de 2018, O MINHO está prestes a alcançar a barreira dos 600 mil leitores ativos, mensais. Em abril, o jornal digital foi visitado por 588.500 pessoas diferentes, conforme mostram os dados do Google Analytics, ferramenta padrão utilizada para contabilizar e monitorizar o tráfego na Internet.

Em 2019, a publicação tem contabilizado um mínimo diário de cerca de 25 mil leitores, ultrapassando, habitualmente, os 35-40 mil.

Líder de audiências, o jornal digital lançado a 21 de maio de 2015, ultrapassou, também, os 90 mil seguidores no Facebook, onde gere uma das maiores páginas da imprensa regional em Portugal. Desde a sua criação, é o jornal mais lido na região.

O MINHO lança suplemento imobiliário digital

A redação do jornal, propriedade da empresa PDG5 Media, mudou-se, no último trimestre de 2018, para o Altice FORUM Braga.

Criado sob o lema “Porque o Minho já merecia um jornal assim”, a publicação não dispõe de qualquer edição em papel.

O MINHO vive, exclusivamente, de receitas de publicidade. No último trimestre do ano, lançou um programa de “Apoiantes” semelhante ao implementado no jornal inglês “The Guardian”, onde, a partir de um euro, os leitores podem contribuir com um patrocínio. Desde então, o número de apoiantes encontra-se na casa das centenas.

De acordo com o seu estatuto editorial, a publicação registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), pretende tirar o máximo partido das potencialidades oferecidas pela Internet, de forma a aproximar, entre si, os 24 concelhos que formam o Minho, e a promover a região no resto do país, afirmando os seus agentes no panorama nacional.

Atualmente, a equipa do jornal está a trabalhar no lançamento de três suplementos digitais especializados: O MINHO GO, suplemento digital de divulgação cultural e de lifestyle, que irá apresentar reportagens e listas de locais de interesse, O MINHO Imobiliário, dedicado ao mercado da compra e venda de imóveis, e O MINHO Emprego, plataforma inovadora de gestão de carreiras, emprego e formação.

Até ao final do ano, O MINHO pretende alcançar um média mensal de um milhão de leitores ativos.

Promotores de O MINHO

A PDG5 Media é propriedade de Marco Araújo (50,01%) e Thiago Correia (49,99%).

Marco Araújo tem 38 anos, é natural de Ponte de Lima e reside em Barcelos. É licenciado em Economia pela Faculdade de Economia do Porto.

Trabalhou como consultor na área da gestão, entre 2005 e 2009, primeiro na SiNASE, empresa com sede em Lisboa, da qual foi responsável na zona Norte do país, e depois como profissional liberal.

De 2009 até 2014, foi assessor do CEO da Flywire PTY Ltd, agência web australiana proprietária da X-Team e XFive, que emprega mais de 50 colaboradores espalhados pelo mundo (Austrália, Polónia, Estados Unidos, Canadá, Eslováquia, Portugal e outros países) e que tem como principais clientes a FOX Broadcasting (Los Angeles, EUA), Twitter (São Francisco, EUA), Rogers (Toronto, Canadá), entre outros (Riot, Microsoft, Threadless, 99designs, EIA). Participou na abertura da filial da empresa nos Estados Unidos, em 2011, em Norwalk (Connecticut) e foi responsável pela selecção, criação e abertura da filial na Europa, em 2012, em Cracóvia (Polónia). Em 2014, o grupo tinha uma faturação de 3 milhões de dólares australianos.

Entre 2004 e 2015, desenvolveu vários projetos de marketing digital nas áreas do comércio eletrónico/e-mail marketing, gestão de comunidades, optimização de motores de busca, redes sociais e marketing de conteúdo.

Em 2015, foi um dos dois co-fundadores de O MINHO, onde trabalhou como Publisher, até 2017. Atualmente desempenha funções de business developer.

Thiago Correia tem 33 anos, é natural do Rio de Janeiro (Brasil) e tem raízes em Ponte de Lima – de onde a família é originária. Mudou-se para Portugal em setembro de 2017. Reside em Braga.

É licenciado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Brasil).

De 2009 a 2017, trabalhou no Lance, um dos maiores jornais desportivos do Brasil, com mais de 3.3 milhões de seguidores no Facebook e 750 mil no Twitter. Começou por desempenhar funções de repórter internacional, até chegar a Editor-executivo.

Viveu em Lisboa nos anos de 2010 e 2011, onde tirou um curso de Jornalismo e Comunicação Audiovisual na ETIC – Escola de Tecnologias Inovação e Criação.

Entrou no capital da PDG5 Media quando chegou ao país. É o diretor de O MINHO.

Populares