Seguir o O MINHO

Barcelos

Municípios do Cávado com 1,6 milhões para reduzir preços dos transportes públicos

em

Foto: DR/Arquivo

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Cávado tem 1,6 milhões de euros para investir no programa de redução tarifária nos transportes públicos, sendo 97,4% da verba assegurada pelo Fundo Ambiental e o restante pelos municípios.

Segundo dados hoje disponibilizados à Lusa pela CIM, a maior verba cabe ao município de Braga, que investirá mais de 782 mil euros naquele programa, dos quais 763 mil são provenientes do Fundo Ambiental.

A Câmara entra com 19 mil euros.

“Decidimos aplicar 80% da verba na redução de 16% de todos os passes, sendo a restante para o reforço da oferta de transportes”, disse à Lusa o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio.

Segue-se o município de Barcelos, com 423 mil euros, que vai implementar a gratuitidade de todos os transportes escolares, criar um passe social para reformados com redução tarifária em 50% e criar uma bolsa de passes mensais com viagens ilimitadas para uso do transporte público por famílias durante os meses de verão e na Semana da Mobilidade.

Alunos de Barcelos vão pagar zero pelo transporte escolar – “0.00, rien, niente”

O programa permitirá também a duplicação da atual oferta de transporte público do Barcelos Bus e o alargamento do serviço aos sábados à tarde, domingos e feriados.

Vila Verde receberá 172 mil euros, que investirá no complemento de 50% no transporte escolar secundário, na limitação a 50 euros do preço máximo dos passes e no desconto de 10% em títulos de viagens mensais de valor inferior a 50,50 euros.

Para Esposende, estão reservados 92 mil euros, a aplicar integralmente no complemento de 50% no transporte escolar secundário.

Amares e Terras de Bouro terão, respetivamente, 87 mil e 72 mil euros, que investirão em passes ilimitados para grupos específicos.

O programa de redução tarifária nos transportes públicos começa em 01 de abril em 16 Comunidades Intermunicipais (CIM), incluindo a do Cávado, tendo apenas cinco delas adiado o seu arranque para maio, de acordo com o Ministério do Ambiente.

O programa prevê que as 21 CIM recebam, através do Orçamento do Estado, um total de 23,2 milhões de euros para adotarem medidas de redução tarifária nos transportes públicos nos respetivos territórios.

O Governo incumbiu cada CIM de definir a nível local qual será o valor da redução no preço das viagens.

Esta iniciativa está inserida no Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART), que conta com 104 milhões de euros do Fundo Ambiental, através do Orçamento do Estado, e terá a comparticipação de 12 milhões de euros dos municípios, um valor acima do previsto.

A fórmula de cálculo dos valores a receber ou a comparticipar por cada Área Metropolitana ou CIM tem em conta o número de utilizadores dos transportes públicos, o tempo médio utilizado nas deslocações e “um fator de complexidade dos sistemas de transporte das áreas metropolitanas”.

Pelo menos 60% do total que cada uma destas entidades vai receber terá de ser aplicada em “ações de apoio à redução tarifária nos transportes públicos coletivos” e o restante utilizado “no aumento da oferta de serviço e na extensão da rede”.

O objetivo do Governo é conseguir mais 100 mil utilizadores dos transportes públicos, num total de mais 63 milhões de viagens anuais, reduzindo em 79 mil toneladas as emissões de CO2.

Anúncio

Barcelos

Albergue da cidade de Barcelos está a comemorar oito anos de existência

Atividades começam hoje e prolongam-se até quinta-feira

em

De 20 a 25 de julho de 2019, a Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos comemora o seu 8º Aniversário. São várias as atividades promovidas pela Associação, de participação livre e gratuita, sem necessidade de inscrição, vocacionadas para a promoção de Barcelos no Caminho Português de Santiago e do Caminho de Santiago para os Barcelenses.

As Comemorações do 8º Aniversário da Associação ACB – Albergue Cidade de Barcelos têm o apoio do Município de Barcelos e da Xunta de Galicia.

Hoje, pelas 21:30, no Auditório do Posto de Turismo de Barcelos, realiza-se a 4ª Edição do “Barcelos Hospitaleiro”, um evento informal de partilha de experiências entre todos os que, diariamente, promovem a Hospitalidade no Caminho Português de Santiago.

Amanhã, pelas 10:00, com início/ponto de encontro na Torre Medieval, realiza-se uma visita guiada intitulada “Barcelos na óptica do Caminho de Santiago”. Esta atividade será orientada pelo Posto de Turismo de Barcelos.

Na próxima quinta-feira, pelas 19:00, na Igreja de Santo António, celebra-se uma Eucaristia de Santiago e a Bênção do Peregrino. Esta atividade é promovida em parceria com a Bênção do Peregrino da Igreja de Santo António e com a Associação SobramSonhos – Amigos e Voluntários do Caminho de Santiago.

Também na quinta mas pelas 21:00, no Posto de Turismo de Barcelos, tem lugar a inauguração da exposição “De Mar a Mar – O Caminho de Santiago em 3D” (exposição da Xunta de Galicia) composta por 20 fotografias do Caminho Português de Santiago na Galiza.

A exposição apresenta o Caminho de Santiago como uma rota universal, espiritual, histórica e monumental. Primeiro Itinerário Cultural Europeu, cuja meta é o túmulo do Apóstolo Santiago Maior em Santiago de Compostela. A exposição estará disponível entre 25 de julho e 20 de agosto de 2019.

Continuar a ler

Barcelos

Menino de dois anos caiu de terraço em Barcelos

“Sofreu algumas lesões, mas está estável”

em

Foto: Arquivo

Um menino de dois anos foi transportado para o Hospital de Braga, depois de ter caído de um terraço com cerca de três metros, esta quinta-feira à noite, em Cristelo, concelho de Barcelos.

Ao que O MINHO apurou, hoje, a criança “sofreu algumas lesões, mas está estável”.

Segundo os Bombeiros Voluntários de Barcelinhos, o alerta para a emergência foi recebido às 21:13.

Antes de ser levado para o hospital, o menino foi assistido no local por dois elementos daquela corporação, apoiados por uma ambulância e pela VMER de Barcelos.

Continuar a ler

Barcelos

Câmara de Barcelos comparticipa fichas de trabalho dos alunos do 1.º ciclo

Medida tem um valor estimado de 100 mil euros

em

Foto: CM Barcelos

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou a comparticipação das fichas de trabalho de Língua Portuguesa, Matemática e Estudo do Meio aos alunos do 1º ciclo (1º ao 4º ano de escolaridade) das escolas do concelho, para o ano letivo 2019/2020. Esta medida tem um valor estimado de 100 mil euros e insere-se nas prioridades do executivo municipal na ajuda às famílias no âmbito da educação.

Para usufruir deste apoio, os encarregados de educação deverão levantar uma credencial no Agrupamento de Escolas respetivo, emitida pelo Município e, na posse desse documento, poderão levantar os materiais em qualquer livraria que, por sua vez, enviará ao Município as credenciais recebidas acompanhadas de fatura para serem pagas.

Ainda no âmbito da educação, o executivo municipal aprovou um subsídio no valor de 2.500 euros ao Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes como comparticipação nas atividades das comemorações dos 50 anos desta escola.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares