Seguir o O MINHO

Alto Minho

Mais de 300 diabéticos tratados com projeto “inovador” de hospital de Viana

em

Mais de 300 doentes com diabetes tipo 2 estão a ser tratados no hospital de Viana do Castelo através de um projeto “inovador” que identifica a doença mais cedo e ajuda as pessoas diagnosticadas a ter uma vida melhor.

“Já conseguimos classificar mais de 300 doentes diabéticos num código de três cores – verde, amarelo, vermelho – de acordo com o controlo da doença. Este sistema de classificação visual e universal facilita a comunicação com o doente e a coordenação entre os profissionais de saúde dos cuidados de saúde primários e hospitalares”, explicou hoje presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), Franklim Ramos.

O objetivo do projeto, intitulado “Saber viver com diabetes“, é “melhorar a articulação entre os cuidados de saúde primários e os cuidados de saúde hospitalares, de forma a promover uma referenciação mais rápida e um acompanhamento mais adequado às pessoas com diabetes que vivem no Alto Minho”. O hospital de Santa Luzia, situado na capital do Alto Minho, serve cerca de 244 mil pessoas dos dez concelhos do distrito de Viana do Castelo, e algumas populações vizinhas do distrito de Braga.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Viana do Castelo. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares