Redes Sociais

Desporto

Mais de 800 atletas de 40 equipas em torneio internacional de futebol infantil em Viana

 a

Mais de 800 atletas, de 40 equipas portuguesas, espanholas e francesas vão participar, este mês, na 26ª do torneio Vianense Cup – Rodrigo Badana, sendo esperados “milhares” de espetadores, revelou esta terça-feira a organização à agência Lusa.

Contactado pela agência Lusa, o presidente do Sport Clube Vianense, Rui Pedro Silva, adiantou que o torneio Vianense Cup – Rodrigo Badana representa um investimento de 40 mil euros e tem o apoio da Câmara de Viana do Castelo.

Destinado aos escalões de sub-10, sub-11, sub-12 e sub-13, a competição vai contar com a participação de atletas do Sporting, FC Porto, Sporting de Braga, Nacional, Académica, Belenenses, Boavista, Celta de Vigo e Deportivo da Coruña (Espanha) e Lille (França), entre outros.

“É um torneio muito importante para o Sport Clube Vianense. É a festa do futebol infantil que marca o encerramento da época desportiva e uma oportunidade de convívio com clubes de outras regiões e países. É também uma oportunidade para avaliar o trabalho efetuado pela academia do clube”, salientou o presidente do clube da capital do Alto Minho

A academia do Sport Clube Vianense tem cerca de 250 atletas.

O torneio, que decorrerá no estádio Doutor José de Matos, prevê, nos dias 16 e 17, a participação de 32 equipas de futebol de 7.

Já no dia 23, será a vez das oito equipas de futebol de 9 disputarem a competição.

“A Vianense Cup tem recebido representantes dos melhores clubes portugueses e equipas estrangeiras de renome sendo já um torneio de referência no panorama nacional. Este ano, mais equipas reúnem-se para proporcionar aos milhares de espetadores que acompanham o evento grandes competições de futebol”, sustentou a direção do clube da capital do Alto Minho.

Os atletas vão ficar instalados em unidades hoteleiras da cidade e na escola secundária de Monserrate.

Segundo números avançados em março, aquando dos 120 anos de existência, o Sport Clube Vianense “tem, atualmente, entre 1.500 a 1.600 sócios pagantes”.

Apesar de nunca ter participado no campeonato da primeira divisão nacional de futebol, o clube militou várias épocas na segunda divisão B e na terceira divisão, chegando a conquistar o título de campeão nacional na época de 1998\1999.

Na próxima época 2018/2019, a equipa sénior vai disputar, pelo terceiro ano consecutivo, o campeonato distrital de futebol da primeira divisão da Associação de Futebol de Viana do Castelo.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Futebol

Equipamento do Moreirense entre os mais bonitos do FIFA 19, diz revista britânica

Eleição da FourFourTwo

Publicado

 a

Foto: DR

O equipamento do Moreirense foi escolhido como um dos 10 mais bonitos do FIFA 19, numa eleição realizada pela revista britânica FourFourTwo.

“Como prova o equipamento da seleção croata, o xadrez é sempre a escolha correta. Não estamos a dizer que o clube português errou, mas parece que alguém bebeu vinho verde, fez o layout instável e uma abordagem aparentemente aleatória para preencher a camisola. De alguma forma, ainda funciona”.

O Moreirense foi o único clube português na lista, que não especifica ordem, mas a equipa da I Liga é o clube a ser citado.

Foto: Divulgação

O internacional português Cristiano Ronaldo volta este ano a ser capa do popular jogo da EA Sports.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Motores

Bracarense José Correia melhor piloto português em Itália

Na região de Perugia.

Publicado

 a

Foi ao volante do seu Nissan Nismo que o bracarense José Correia venceu. Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

O bracarense José Correia foi o melhor entre os sete pilotos portugueses, que este fim de com destaque para outros seis corredores, quatro minhotos, nomeadamente Manuel Correia (segundo), Pedro Marques (quinto) e Sérgio Nogueira (sexto) entre lusos.

José Correia, pilotando o seu Nissan GTR Nismo GT3, conquistou a média de 1’41.17, logo a seguir a um trio de italianos, Lucio Peruggini, Marco Iacoangeli e Luca Gaetani, a tripular os três, respetivamente, Ferrari 458 GT3, BMW Z4 GT e Ferrari 458 Itália GT3.

Manuel Correia foi o segundo melhor classificado entre a equipa portuguesa, que a nível de equipa obteve o 13º lugar, naquela que constituiu a estreia lusa em termos coletivos ao nesta prova internacional de automobilismo de montanha, que se realiza pela terceira vez, mas em que o conjunto português se estreou entre 20 equipas com tradição na modalidade.

No sábado, dia de treinos, Manuel Correia teve o melhor tempo entre os sete portugueses, com Pedro Marques a confirmar também o seu bom momento de forma e Sérgio Nogueira a surpreender igualmente pela positiva, piloto cada vez mais ráido e objetivo nas estradas.

Já os transmontanos Luís Nunes e Joaquim Teixeira classificaram em quarto e quinto, enquanto o beirão Pedro Coelho Saraiva ficou pelo sétimo lugar, mas no plano coletivo teve melhor prestação, contribuindo decisivamente para o 13º lugar da equipa portuguesa.

Esta competição, que se disputa de dois em dois anos, concentra os principais pilotos de montanha do mundo, na região de Perugia, com o conjunto luxemburguês Luxemburgo a ganhar, logo seguido pelas equipas italiana e eslovena, sempre muito atentes às subidas, na cidade medieval de Gubbio, sendo os portugueses capitaneados por Nuno Guimarães.

Continuar a ler

Futebol

Agressão nos regionais da AF Braga motiva comunicado do GD Prado

No jogo SC Cabreiros-Prado (Pró-Nacional).

Publicado

 a

Foto: Facebook SC Cabreiros

A direção do Grupo Desportivo de Prado, de Vila Verde, publicou esta segunda-feira de manhã uma nota no seu site onde se queixa de uma alegada agressão a um seu jogador, por parte de um atleta do Sporting Clube de Cabreiros, de Braga, em jogo da 9.ª jornada do campeonato Pró-Nacional, dos regionais da Associação de Futebol (AF) Braga.

O clube diz que vai agora apelar à AF Braga e à Federação Portuguesa de Futebol “para que este jogador (Edu, segundo aponta) não repita com mais nenhum outro atleta actos de violência destes”.

Comunicado na íntegra:

A Direção do GD Prado vem por este meio denunciar uma agressão a um atleta sénior no final da partida de ontem frente ao SC Cabreiros.

Sem nada que se fizesse para tal, já com o jogo terminado, e em que todos os atletas seguiram para os balneários de forma ordeira, o jogador do SC Cabreiros, Edu, com o numero 90 nas costas, ao passar junto ao balneários do GD Prado agrediu um nosso atleta à traição, refugiando-se de seguida no balneário da sua equipa (este acto foi testemunhado). Este individuo que já durante a partida fartou-se de ameaçar vários atletas nossos de agressões físicas não se deu por satisfeito e agrediu pelo simples facto de lhe “apetecer”. Nada nos move contra a instituição SC Cabreiros, a qual nos merece total respeito e apreço, existem boas relações entre os clubes e fomos bem recebidos por toda a estrutura, mas este individuo está a mais neste desporto, o futebol não pode ter gente desta.

A Direção do GD Prado vai apelar e denunciar ao Conselho de disciplina e de Justiça da AF de Braga, e à Federação Portuguesa de Futebol, para que este jogador não repita com mais nenhum outro atleta actos de violência destes.

A Direção do GD Prado

A partida, disputada no Estádio Desportivo de Carneiros, terminou com a vitória da equipa da casa, por 3-1, como golos de João Araújo (2) e Tita (SC Cabreiros) e André Bonjardim (GD Prado).

Fonte: zerozero.pt

O GD Prado segue na terceira posição do campeonato, enquanto o SC Cabreiros é nono.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Populares