Seguir o O MINHO

Região

Caminhos de Santiago são prioridade para novo presidente da Turismo e Norte de Portugal

Presidentes da Câmara de Paredes de Coura e Arcos de Valdevez em lugares de destaque

em

Foto: Divulgação

A Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinha preside, hoje, à tomada de posse dos órgãos sociais da Entidade do Turismo do Porto e Norte de Portugal marcada para as 17:00, em Viana do Castelo.


A recém-eleita Comissão Executiva da TPNP é liderada por Luís Pedro Martins, que venceu as eleições com 73 votos, uma das mais expressivas votações no historial da entidade. Para o novo presidente da TPNP, este é um momento “de união e que pretendemos, com o nosso trabalho, dar um forte contributo para a economia da região Norte”, frisando ainda que a equipa que vai tomar posse “quer trabalhar para as pessoas, designadamente as que aqui vivem, as que aqui decidiram investir e, claro está, as que nos visitam”.

A Comissão Executiva tem como Vice-Presidente, Inácio Ribeiro e como Vogal Vítor Paulo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura. João Manuel Esteves, presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, é o novo Presidente da Mesa da Assembleia Geral e Ângelo Manuel Moura, Presidente da Câmara Municipal de Lamego, o Secretário da Mesa da Assembleia Geral.

Em entrevista à agência Lusa, no âmbito da tomada de posse hoje enquanto presidente da Comissão Executiva da Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins assume que quer “juntar” e “unir” a região Norte e que não está para “criar divisões entre territórios”, desvendando que vai privilegiar os produtos que consigam ser “transversais” na região e que sirvam para juntar vários municípios e dar escala ao Norte.

“O Douro e toda a temática relacionada com o vinho, mas também o projeto (…) da Estrada Nacional 2 (EN2) que percorre vários municípios, (…) os Caminhos de Santiago e tudo o que estiver relacionado com a gastronomia, são tudo produtos que são transversais ao território e que eu irei dar, sem dúvida nenhuma, prioridade”, assumiu Luís Pedro Martins.

Anúncio

Braga

Irmãos de Braga premiados em concurso internacional sobre jornalismo ambiental

Ambiente

em

Foto: Diulgação

Os irmãos José Diogo e Luís Martins, estudantes do Colégio D. Diogo de Sousa, em Braga, foram premiados no concurso internacional sobre jornalismo ambiental “Young Reporters for the Environment 2020”.

Os jovens estudantes do Colégio D. Diogo de Sousa foram distinguidos pelo Júri Internacional desta competição com menção honrosa em Foto Campanha (2.º Lugar em fotorreportagem), Vídeo Campanha (3.º lugar) e menção honrosa em Colaboração Internacional.

Este jovens realizaram investigações acerca de questões de sustentabilidade, com enfoque no ambiente, observando questões, problemas e soluções.

Os dois irmãos já tinham sido premiados no concurso nacional Jovens Repórteres pelo Ambiente, o que lhes valeu a possibilidade de concorrer nesta competição internacional na qual deixaram a sua marca.

Nesta atividade promovida pela Coordenação Internacional, que visa promover e premiar o trabalho dos jovens jornalistas de ambiente, participaram 45 países da rede Young Reporters for the Environment.

Este ano, a coordenação internacional contou com 182 trabalhos a concurso. A representação de Portugal dos JRA contou com nove trabalhos selecionados para a final internacional do YRE 2020, tendo sido distinguidos cinco deles.

Continuar a ler

Ave

Sala de escola primária em Famalicão fecha após criança testar positivo à covid-19

Mais de 20 alunos em quarentena

em

A sala do quarto ano da EB1 de Gavião, em Famalicão, está encerrada após um aluno ter testado positivo para a covid-19, confirmou O MINHO junto do presidente da junta.

Depois de o caso ter sido confirmado, as autoridades de saúde colocaram toda a turma em quarentena.

Ao que O MINHO apurou, são mais de 20 crianças.

As restantes salas continuam a funcionar normalmente.

Continuar a ler

Alto Minho

Festival de teclados da Eurocidade Valença-Tui de 2 a 11 de outubro

Concertos presenciais e digitais

em

Foto: Divulgação / IKFEM - International Keyboard Festival & Masterclasse

Já é conhecida a programação completa da 8.ª edição do IKFEM – International Keyboard Festival & Masterclasse que se realiza na Eurocidade Valença-Tui de 2 a 11 de Outubro, anunciou hoje a organização.

À soprano Ainhoa Arteta, que partilha o palco com o pianista Javier Carmena, junta-se agora Carlos Núñez que vai estrear um espectáculo com Pancho Álvarez, Daniel Pereira e o trio português Ensemble Med, na Catedral de Tui.
Cantigas sacras galego-portuguesas a partir da gaita-de-foles de Carlos Núñez que regressa, assim, a Tui, terra natal do seu mestre, Antón Corral.

A representar Portugal e a música tradicional vão estar também o Quarteto Contratempus, no Teatro Municipal de Tui, com o espectáculo “Variações a partir de um coração”. O Auditório do Centro de Inovação e Logística de Valença vai receber o Trio Casperveck, liderado pelo pianista Brais González, que vai musicar ao vivo o filme mudo de Buster Keaton, “O Marinheiro de Água Doce”. Por sua vez, a Igreja de Santo Domingo, em Tui, acolhe uma viagem pela música barroca com a dupla Eutherpe, que junta o violiono de Ângela Neto Domingues com o cravo de Erea Blanco Balvís.

Aos concertos presenciais juntam-se os digitais numa edição adaptada à nova realidade imposta pela pandemia da covid-19.

Mantendo o carácter transfronteiriço, o IKFEM convidou os músicos portugueses e espanhóis a apresentarem-se no canal online do festival. Com o intuito de sensibilizar o público para a realidade do sector e apoiar o regresso à actividade cultural da euroregião, o IKFEM Digital foi criado em parceria com a Afundación, obra social do ABANCA, com o objectivo de dar oportunidade aos músicos profissionais, de qualquer estilo, de partilhar o seu trabalho e a sua história na luta contra o coronavírus. Para participar, os interessados devem gravar um vídeo com 10 minutos de duração máxima, onde contem a sua história e interpretem um tema. Os vídeos dever ser submetidos em www.ikfem.com até 27 de Setembro. Os solistas ou grupos seleccionados terão a oportunidade de apresentar um concerto de 60 minutos no IKFEM, via streaming no canal Afundación TV, e recebem um cachet de 500 euros.

Os cinco projectos escolhidos apresentam-se via streaming dias 3, 5, 6, 8 e 9 de Outubro.

Continuar a ler

Populares