Seguir o O MINHO

Futebol

Jogadores do Braga entram em campo acompanhados por 23 crianças ucranianas

Clube “orgulha-se de ser uma casa multicultural”

em

Foto: SC Braga

As equipas do SC Braga e do Santa Clara, juntamente com 23 crianças ucranianas que representam o clube minhoto, levantaram uma bandeira daquele país antes do jogo da 24.ª jornada da I Liga de futebol.

As 23 crianças ucranianas que representam o SC Braga em diversas equipas envergavam uma t-shirt com a mensagem “Give peace a chance” (dar uma oportunidade à paz) numa alusão ao conflito entre a Ucrânia e a Rússia.

“O SC Braga orgulha-se de ser uma instituição multicultural, onde existe espaço e respeito para com todos aqueles que escolheram esta casa. Dela, fazem parte as 23 crianças ucranianas que acompanharam, esta segunda-feira, os jogadores na entrada em campo e que integram as várias modalidades do nosso clube. Nesta batalha, os ‘Guerreiros’ levantam bem alto o escudo da solidariedade, da cidadania e da humanidade”, pode ler-se no Facebook do clube bracarense.

A Rússia lançou na quinta-feira de madrugada uma ofensiva militar na Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamento de alvos em várias cidades, que já mataram mais de 350 civis, incluindo crianças, segundo Kiev. A ONU deu conta de mais de 100 mil deslocados e quase 500 mil refugiados na Polónia, Hungria, Moldova e Roménia.

O Presidente russo, Vladimir Putin, disse que a “operação militar especial” na Ucrânia visa desmilitarizar o país vizinho e que era a única maneira de a Rússia se defender, precisando o Kremlin que a ofensiva durará o tempo necessário.

O ataque foi condenado pela generalidade da comunidade internacional e a União Europeia e os Estados Unidos, entre outros, responderam com o envio de armas e munições para a Ucrânia e o reforço de sanções para isolar ainda mais Moscovo.

Populares