Seguir o O MINHO

Desporto

João Benta termina Volta a Portugal em sétimo lugar

em

João Benta

João Benta, ciclista natural das Marinhas, concelho de Esposende, terminou a Volta a Portugal 2017 em sétimo lugar. Mais uma prestação de bom nível do ciclista do RP-Boavista que foi o terceiro melhor português da Volta e o melhor dos minhotos.

O ciclista esposendense nunca largou o pelotão da frente, chegando mesmo a ameaçar o homem que dominou, por completo, a 79ª edição da prova, o espanhol Raúl Alarcón, da W52 FCP, que venceu pela primeira vez a Volta a Portugal em bicicleta.

O corredor de Alicante, de 31 anos, vai partilhar o pódio da 79.ª edição com o português Amaro Antunes, colega de equipa, e com o espanhol Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

 

Classificação completa:

1. Raúl Alarcón, Esp (W52-FC Porto), 41:46.14 horas

2. Amaro Antunes, Por (W52-FC Porto), a 1.23 minutos

3. Vicente García de Mateos, Esp (Louletano-Hospital de Loulé), a 5.25

4. Rinaldo Nocentini, Ita (Sporting-Tavira), a 5.54

5. Alejandro Marque, Esp (Sporting-Tavira), a 7.10

6. António Carvalho, Por (W52-FC Porto), a 7.25

7. João Benta, Por (RP-Boavista), a 7.54

8. Henrique Casimiro, Por (Efapel), a 8.11

9. Sérgio Paulinho, Por (Efapel), a 8.36

10. Krists Neilands, Let (Israel Cycling Team), a 9.35

 

Anúncio

Desporto

Tóquio2020: Emanuel Silva aponta Fernando Pimenta como principal favorito às medalhas

Jogos Olímpicos

em

Emanuel Silva e Fernando Pimenta conquistam a prata em Londres 2012. Foto: ICF

O português Emanuel Silva considerou, esta sexta-feira, que seria uma desilusão a canoagem terminar a prestação no Jogos Olímpicos Tóquio2020 sem medalhas, mas apontou o compatriota Fernando Pimenta como principal favorito.

“Poderei dizer que sim [seria uma desilusão], não pelo K4, mas pela pessoa mais mediática que é o Fernando Pimenta [em K1 1.000 metros]. As expectativas são muito altas, o foco está todo virado para as medalhas vindas da canoagem”, afirmou o canoísta português à comunicação social, no final do encontro nacional de atletas olímpicos.

Para Emanuel Silva, que vai competir no Japão em K4 500 metros, ao lado de João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, o “sonho” de se tornar campeão olímpico está no horizonte.

“Ninguém mais do que nós, quer uma medalha olímpica. O meu sonho é ser campeão olímpico e de tudo farei para o ser”, referiu o atleta de Braga, que nos jogos de Londres de 2012 conquistou a medalha de prata em K2 1.000 metros, ao lado de Fernando Pimenta.

Também outro membro da tripulação, o estreante David Varela, mostrou a ambição de atingir o melhor resultado possível e destacou a experiência de Emanuel Silva, que vai participar no Jogos pela quinta vez.

“Dar o máximo, representar Portugal ao mais alto nível e conseguir os melhores resultados possíveis. Esse é o objetivo. O Emanuel é um velha guarda daqui, sabe o que faz, dá-nos conselhos para as provas e transmite confiança”, contou.

Ainda sobre o compatriota, David Varela sublinhou que “trabalhar ao lado de um medalhado é muito motivante”, lembrando que melhor do que o que Emanuel Silva já conseguiu “só o ouro”.

Além do K4 1000, composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, e de Fernando Pimenta [K1 1.000], também Teresa Portela (K1 200) e Antoine Launay (K1 slalom) vão representar Portugal no Japão.

Continuar a ler

Desporto

Papa abençoa adeptos do Vitória

E recebe camisola

em

Foto: DR

O Papa Francisco abençoou, esta sexta-feira, os adeptos do Vitória Sport Clube (SC), na sequência da entrega de uma camisola dos vitorianos por parte do presidente da Assembleia Geral do clube de Guimarães.

O padre José Antunes levou a camisola a um encontro com o sumo pontífice, pedindo a bênção, não só para artigo de vestuário, que foi entregue a Francisco, mas também para todos os adeptos que sofrem com o clube dos conquistadores, avançou o Guimarães Digital.

O padre de Guimarães chegou a comparar o Vitória ao clube de sua santidade, o San Lorenzo, da Argentina, conhecido pela fervorosidade dos adeptos, como é o caso do próprio Papa, que nunca (re)negou o amor pelo futebol, apontaram vários jornais nacionais, esta sexta-feira.

Continuar a ler

Desporto

Morreu António Rodrigues Guimarães, antigo presidente do Vitória SC

Óbito

em

Foto: Divulgação

O antigo presidente do Vitória Sport Clube (SC) António Rodrigues Guimarães, que liderou o clube entre 1974 e 1976, morreu esta sexta-feira, aos 80 anos, informaram os vimaranenses.

“O Vitória Sport Clube endereça as mais sentidas condolências à família e amigos de António Manuel Rodrigues Guimarães. Neste momento difícil, fica para sempre na memória o homem e dirigente que honrou o emblema do Vitória”, indica a nota publicada no sítio oficial dos minhotos.

O Vitória SC assinalou que o antigo presidente manteve “a estabilidade necessária para o clube num período politicamente conturbado”, depois de ter sucedido a Antero Henriques da Silva Júnior, em março de 1974, um mês antes do 25 de Abril.

Nos dois anos em que liderou os vitorianos, a equipa de futebol obteve um quinto lugar na edição 1974/75 do campeonato e um sexto em 1975/76, temporada ainda marcada pela presença na final da Taça de Portugal (derrota por 2-1 frente ao Boavista, em jogo realizado no antigo Estádio das Antas, no Porto).

Antes de ter sido presidente do Vitória, António Rodrigues Guimarães foi vereador municipal dos desportos em Guimarães, tendo contribuído para o projeto do hoje denominado Estádio D. Afonso Henriques, inaugurado em 03 de outubro de 1965.

O funeral realiza-se às 14:30 de sábado, na igreja paroquial de São Jorge de Selho, no concelho de Guimarães.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares