Seguir o O MINHO

Futebol

Ivo Vieira quer Gil Vicente a “desfrutar de momento histórico”

Liga Conferência

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O treinador do Gil Vicente desejou hoje que a sua equipa “desfrute do momento histórico” na partida frente ao Riga, da terceira pré-eliminatória a Liga Conferência Europa, que vai marcar a estreia do clube nas competições europeias.

“Será um momento histórico para o clube e tenho a felicidade, como treinador, de poder desfrutar com todos os gilistas. A equipa e os jogadores são os verdadeiros obreiros e o grande objetivo é passar a eliminatória e dar uma resposta em termos de compromisso e atitude”, disse Ivo Vieira, na antevisão do jogo de quarta-feira, na Letónia.

Ivo Vieira espera um adversário “difícil e competitivo”, com experiência nas competições europeias e com 22 jogos já realizados no seu campeonato esta época, desvalorizando o facto de ser um clube de um país com menor tradição no futebol.

“O Riga é uma equipa competitiva que contratou três ou quatro unidades para atacar, especificamente, estes desafios. Às vezes, caímos no erro de desvalorizar ligas com menos nome, mas que também têm qualidade. A eliminatória está ao nosso alcance, mas só se fizermos tudo para o conseguir”, partilhou o técnico do emblema minhoto, em conferência de imprensa.

Apesar de esta ser a estreia do Gil Vicente nas competições da UEFA, Ivo Vieira já tem alguma experiência europeia, quando comandou o Vitória SC, mas o técnico não vê isso como uma vantagem decisiva.

“Não fará grande diferença, ainda que possa socorrer-me do meu conhecimento para orientar e fazer os meus atletas acreditarem neles próprios. Vou trabalhar focado nos meus objetivos, que visam a valorização dos atletas e o reforço da posição do clube na Liga”, vincou o treinador.

Reconhecendo que é “ingrato” a equipa ter de disputar estas eliminatórias numa fase tão madrugadora da época, sendo o primeiro jogo oficial do Gil Vicente esta temporada, o técnico dos ‘galos’ confia na qualidade do grupo para superar essas dificuldades.

“Se formos competitivos e acreditarmos em nós, deixamos tudo isso de lado e podemos ter sucesso. Estamos num processo inicial mas vamos disputar esta prova por mérito”, concluiu Ivo Vieira.

Para este desafio, o treinador do Gil Vicente apenas não pode contar com o guarda-redes Frelih e o avançado Murilo Sousa, que ainda recuperam de lesão. Todos os outros jogadores, incluindo os mais recentes reforços, podem dar o contributo à equipa.

A comitiva gilista parte na terça-feira de manhã para a capital da Letónia, onde no dia seguinte defronta o Riga, numa partida agendada para as 18:00 (hora de Lisboa) e que terá arbitragem do norueguês Jakob Kehlet.

EM FOCO

Populares