Homem dispara contra gato e deixa-o gravemente ferido em Barcelos

Foto: GNR

Um homem, de 51 anos, foi constituído arguido, na passada sexta-feira, por disparar tiros de uma arma de ar comprimido sobre um gato, deixando-o gravemente ferido, informou hoje a GNR.

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga refere o suspeito foi constituído arguido, através do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SEPNA), por maus-tratos a animais de companhia.

“No âmbito de uma investigação por maus-tratos a animais de companhia, os elementos do SEPNA realizaram diligências que permitiram apurar indícios da autoria e prática de crime de maus tratos de animais de companhia, nomeadamente, com recurso a disparos de arma de ar comprimido, causando graves ferimentos a um felino”, refere o comunicado.

A GNR apreendeu-lhe uma arma de ar comprimido e 155 projéteis.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Barcelos.

A GNR salienta que, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), “tem como preocupação diária a proteção dos animais, apelando à denúncia de eventuais situações de maus-tratos ou abandono”.

Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Paulo Raimundo adverte que anda “monstro à solta” após ataques a imigrantes

Próximo Artigo

Milhares de peregrinos já estão a caminho de Fátima

Artigos Relacionados
x