Seguir o O MINHO

Barcelos

Governo vai instalar câmaras nas passagens de nível ‘preocupantes’ em Barcelos

Quintiães e Aguiar

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

A empresa Infraestruturas de Portugal (IP) decidiu instalar câmaras de vigilância nas três passagens de nível das freguesias de Quintiães e Aguiar, em Barcelos, cujo funcionamento é criticado pelas populações e autarcas locais.

A instalação das câmaras consta da resposta do Ministério das Infraestruturas e Habitação ao Bloco de Esquerda, divulgada, esta sexta-feira, por este partido.

Na resposta, o ministério sublinha que naquelas passagens de nível não foram registadas quaisquer anomalias e que elas sempre tiveram bom funcionamento.

No entanto, e face aos relatos que dão conta de alegado mau funcionamento, a IP, como serviço complementar ao sistema técnico de monitorização, decidiu dotar as três passagens de nível com câmaras de vigilância.

Em finais de 2019, população e autarcas daquelas freguesias denunciaram onze situações de “alegadas” avarias na sinalização e no funcionamento das três passagens de nível, descrevendo situações em que, à passagem do comboio, as luzes de sinalização e os sinais sonoros não funcionam e as barreiras não descem.

Houve mesmo uma manifestação para exigir mais segurança, mas já na altura a IP referiu que não tinha sido detetada qualquer anomalia naquelas passagens de nível (PN).

A IP esclareceu que o sistema de aviso automático da aproximação de comboios instalados nas PN efetua o registo automático de todos os eventos, “não tendo sido registada qualquer anomalia relativa ao funcionamento” daquelas passagens.

Dizia ainda que o sistema, quando deteta anomalia no funcionamento previsto, “gera alarme relativo a uma desconformidade”, uma situação que não foi identificada relativamente àquelas PN.

Acrescentava que a IP não recebeu qualquer relato de maquinistas do operador ferroviário a reportar qualquer anomalia no funcionamento daquelas PN, “situação que integra os procedimentos de segurança”.

Populares