Seguir o O MINHO

Ave

GNR apreende armas e 120 preservativos em rusga em alterne de Cabeceiras de Basto

Crime

em

Foto: DR / Arquivo

Dois homens foram constituídos arguidos na sequência de uma rusga efetuada por militares do Núcleo de Investigação Criminal da GNR, num alegado bar de alterne, em Cabeceiras de Basto, foi hoje anunciado.


Em comunicado, o comando territorial de Braga dá conta da operação, onde foram identificadas sete mulheres, entre os 30 e os 45 anos, doze clientes, entre os 18 e os 65 anos e apreendidos 120 preservativos e 1.260 euros.

“A ação foi efetuada na sequência de uma investigação, iniciada em novembro do ano passado, relacionada com crime de lenocínio, tendo os militares do NIC [de Fafe] dado cumprimento a três mandados de busca, dois em residências e um em estabelecimento comercial”, explica a GNR.

Foram ainda realizadas duas buscas domiciliárias, às residências do proprietário do estabelecimento e arrendatários do espaço, em Chaves e Felgueiras, tendo sido apreendido uma arma transformada para calibre 6.35mm, onze munições e um aerossol gás pimenta.

Os suspeitos foram constituídos arguidos por crime de lenocínio e posse de armas proibidas e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Cabeceiras de Basto.

Anúncio

Ave

Nadador-salvador resgata com vida jovem aflito na praia de Fafe

Albufeira da Queimadela

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO (Arquivo)

Um jovem foi hoje resgatado com vida quando se estava prestes a afogar na praia fluvial da Queimadela, em Fafe.

Segundo a Fafe TV, o jovem estava aflito, alegadamente por estar cansado de nadar há algum tempo, levando a que estivesse a iniciar um pré-afogamento.

Um nadador-salvador detetou os movimentos do jovem e lançou-se às águas daquela albufeira do rio Vizela, resgatando o jovem com vida.

De acordo com a mesma fonte, não houve necessidade de assistência dos bombeiros, tendo sido determinante a ação do socorrida.

Continuar a ler

Ave

Fafe atribuiu 500 bolsas de acesso ao ensino superior no último ano letivo

Ensino superior

em

Foto: CM Fafe (Arquivo)

No ano letivo que agora terminou (2019/2020), a Câmara Municipal de Fafe atribuiu mais de 500 bolsas de estudo aos alunos de Fafe que frequentam o ensino superior, um valor total que ultrapassa os 290 mil euros, sendo este o ano que mais jovens receberam este apoio.

A Câmara iniciou em 2014 um programa de apoio aos alunos de Fafe que frequentam o ensino superior. Este programa complementa a bolsa atribuída pela Direção-Geral do Ensino Superior e tem por objetivo apoiar as famílias com mais dificuldades económicas, incentivando o acesso ao ensino superior e promover a igualdade de oportunidades dos jovens fafenses.

Desde o início do programa, em 2014, já foram atribuídas mais de 2200 bolsas de estudo, ultrapassando 1,4 milhão de euros.
O Presidente da Câmara Municipal, Raul Cunha, explica que “a criação deste programa assenta na consciência das dificuldades e do esforço que estudar no ensino superior representa, para os jovens e para as famílias”.

O autarca afirma “a preponderância que este programa de apoio significa na vida dos estudantes que têm menos recursos económicos, por lhes permitir obter uma formação académica com dignidade, pesando menos no orçamento famíliar dos fafenses.

Não podemos desperdiçar o potencial dos nossos jovens, nem a oportunidade de contribuirmos para a afirmação e para a consolidação da geração mais qualificada de sempre”.

Terminou, salientando “a importância, neste período especial de pandemia que vivemos, que estes apoios têm para as famílias, uma vez que, infelizmente, muitas famílias perderam rendimentos e a atribuição destes apoios permitiu a manutenção dos seus filhos na universidade”.

Continuar a ler

Ave

Homem de 43 anos queimado após incêndio urbano em Famalicão

Incêndio urbano

em

Foto: Facebook de Bombeiros Famalicenses

Um homem de 43 anos sofreu queimaduras nos membros depois de um incêndio urbano, ao início da tarde desta quinta-feira, na sua habitação, em Famalicão.

Ao que apurou O MINHO, o fogo deflagrou no sistema de exaustão instalado na cozinha da residência, provocando um foco de incêndio e ferimentos no morador, que tentou apagar as chamas.

Para o local, na Travessa das Barreias, em Seide S. Miguel, foram mobilizadas duas equipas dos Bombeiros Famalicenses, com oito elementos e duas viaturas, para extinção do incêndio.

Os bombeiros tiveram ainda de proceder à ventilação tática da habitação pois estava tomada pelo fumo.

As queimaduras da vítima foram consideradas ligeiras.

O alerta foi dado às 13:27.

Continuar a ler

Populares