Seguir o O MINHO

Braga

Gabriela Monteiro vai a sepultar este sábado em Braga

Funeral realiza-se em Real, Braga

em

Foto: DR

Gabriela Monteiro, mulher que perdeu a vida às mãos do companheiro na passada quarta-feira, na via pública, em Braga, vai a sepultar este sábado, em Real, concelho de Braga, pelas 17:00 horas.

A quarta mulher vítima mortal de violência doméstica deixa dois filhos e uma grande onda de consternação na cidade de Braga que se alastrou um pouco por todo o país, face ao cenário de horror em que perdeu a vida.

Em nota da agência responsável pelos serviços funerários, é indicado que o corpo da falecida ficará em câmara ardente a partir das 10:00 de sábado, a Igreja Paroquial de Real, com a missa de corpo presente a realizar-se pelas 17:00.

Gabriela foi a quarta mulher a perder a vida no distrito de Braga durante o ano de 2019, e a vigésima primeira a nível nacional.

Paulo Fernandes, autor das facadas que vitimaram Gabriela, está em prisão preventiva enquanto aguarda julgamento, depois de se ter apresentado no posto da PSP de Santa Tecla poucos minutos após ter cometido o bárbaro crime.

A morte de Gabriela, de 46 anos, e funcionária no Theatro Circo, em Braga, causou uma grande onde de pesar na cidade, que lhe prestou homenagem na noite desta quinta-feira, com mais de 500 pessoas em vigília silenciosa às portas do local onde trabalhava, em pleno centro histórico da cidade.

Anúncio

Braga

AMT dá Luz verde para contratar mais transportes públicos em Braga

Autoridade da Mobilidade e dos Transportes

em

Foto: Divulgação

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes revelou hoje que deu parecer positivo ao contrato de concessão em Braga, para serviços públicos de transporte rodoviário de passageiros. A mesma entidade autorizou o concurso a lançar pela Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo

Trata-se de pareceres positivos às peças do contrato de concessão de serviço público de transporte rodoviário de passageiros no município de Braga e do concurso público para o serviço público de transporte de passageiros regular por modo rodoviário na Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo, precisa a AMT, em comunicado enviado à agência Lusa.

A AMT refere que os pareceres prévios vinculativos positivos foram emitidos na quinta-feira às peças dos dois procedimentos, que “assumem relevância” na “implementação da reforma introduzida” pelo regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho da União Europeia que aprovou o regime jurídico do serviço público de transporte de passageiros.

No caso do município de Braga, “consolida-se o processo de contratualização de serviços públicos de transporte de passageiros quando prestados por autoridades de transportes, por prestação direta ou serviços municipalizados e operadores internos”.

Em relação ao Baixo Alentejo, trata-se de “um passo que se afigura significativo no sentido da melhoria do sistema de transportes públicos em regiões de baixa densidade populacional”.

O sentido dos dois pareceres, “ainda que positivo, implica o cumprimento de diversas determinações, designadamente quanto à execução contratual, no que se refere a matéria operacional, económica e financeira, e o apuramento e reporte circunstanciado e periódico de informação relevante”, informa a AMT.

Segundo a AMT, “a divulgação dos pareceres será efetuada após a conclusão dos competentes procedimentos administrativos, depois de salvaguardados os elementos sujeitos a confidencialidade”.

Continuar a ler

Braga

Investigador da Guimarães desenvolve método natural para curar feridas graves ou crónicas

Professor Raul Machado

em

Foto: Divulgação

Raul Machado, professor e investigador auxiliar no Centro de Biologia Molecular e Ambiental da Universidade do Minho, está a desenvolver materiais que podem revolucionar o estado de doentes com feridas graves ou crónicas.

O objetivo é evitar a utilização de antibióticos e outros agentes no tratamento de feridas e contornar a problemática da resistência antimicrobiana com recurso a materiais naturais.

De acordo com o investigador, natural de Guimarães, a pesquisa foca-se no desenvolvimento de materiais biotecnológicos que utilizam a natureza como inspiração.

“A tecnologia que temos vindo a desenvolver prende-se no desenvolvimento de materiais biológicos inspirados nas proteínas que se encontram na natureza, como a seda ou a elastina e a sua funcionalização com péptidos na atividade antimicrobiana”, explica Raul Machado.

Desta forma, o uso de antibióticos e outros agentes que possam ser “menos biocompatíveis” é evitado, podendo ser contornado com resistência antimicrobiana.

“Até agora, desenvolvemos fibras com atividade antimicrobiana, assim como filtros transparentes que permitem monitorizar a evolução de uma ferida”, sublinha.

Estes materiais mostram-se “extremamente eficientes a eliminar microrganismos clinicamente relevantes, sem demonstrar ciotoxicidade contra as células da pele”.

“No futuro, iremos focar-nos no desenvolvimento de hidrogeis funcionais e na incorporação de agentes terapêuticos para acelerar o processo de cura”, revela.

De acordo com a descrição no seu site, o Centro de Biologia Molecular e Ambiental é uma Unidade de Investigação e Desenvolvimento criada em 2008, financiada pela Fundação de Ciência e Tecnologia(FCT) e localizada na Escola de Ciências da Universidade do Minho.

Tem como missão a “investigação de excelência e formação avançada em Ciências Biológicas, promovendo a literacia científica e a transferência de conhecimento a nível nacional e internacional”.

Continuar a ler

Braga

Empurra polícia e foge durante tentativa de roubo em Braga, mas acaba detido

No centro da cidade

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 25 anos, foi detido por agentes da PSP na sequência de uma tentativa de assalto na cidade de Braga, ontem à noite, em São Vicente, no centro da cidade.

Em comunicado, aquela polícia dá conta de um alerta, cerca das 20:20, para uma tentativa de roubo sob ameaça de agressão através de força física, deslocando para o local uma patrulha.

Segundo a PSP, os agentes encontraram o alegado assaltante ainda junto da vítima, abordando o mesmo. Este acabou por desferir um empurrão ao agente, conseguindo encetar fuga.

“Foi-lhe movida perseguição tendo sido de imediato intercetado e detido”, disse a mesma fonte.

O mesmo vai ser presente, esta sexta-feira, no Tribunal Judicial de Guimarães.

Continuar a ler

Populares