Seguir o O MINHO

Ave

Escultura em forma de coração homenageia dadores de sangue de Famalicão

em

Associação de Dadores de Sangue celebrou o Dia do Dador Famalicense. DR

“Um reconhecimento mais do que merecido”. Foi desta forma que unanimemente foi apresentado  o monumento aos dadores de sangue de Vila Nova de Famalicão, inaugurado no passado sábado, 10 de junho, no Parque de Sinçães, dia em que a Associação de Dadores de Sangue celebrou o Dia do Dador Famalicense, revelou hoje a autarquia.

Iniciativa da própria associação, que ainda na última reunião do executivo autárquico mereceu um apoio municipal de 8 mil euros para o desenvolvimento das suas atividades, o monumento foi desenhado por Miguel Moniz e consiste “na junção de duas peças geométricas fragmentadas que estabelecem um jogo figurativo e abstrato, preenchido de expressividade, onde é  corporizada a imagem do coração, o elemento gráfico com maior relação e significado para o dador de sangue”, explica o autor.

Manuel Vilarinho, presidente da direção, agradeceu à autarquia o apoio que anualmente é atribuído para o desenvolvimento das suas atividades e, em nome dos cerca de 12 mil dadores de sangue de Famalicão, mostrou-se reconhecido.

Há mais de 60 anos que há famalicenses que dão sangue e que até hoje nunca tiveram uma homenagem como esta”, disse.

O Presidente da Câmara Municipal falou também na justiça do reconhecimento público aos dadores de sangue.

“A sua doação é das melhores preocupações que se pode ter com os outros, com a comunidade e com o futuro. Significa dar um pouco do que cada um tem em benefício de quem precisa. É um gesto que merece ser reconhecido e incentivado e este monumento, implantado numa zona nobre de Vila Nova de Famalicão, é um contributo importante nesse sentido.”

Populares