Seguir o O MINHO

Guimarães

É de Guimarães o produtor do filme português premiado no Festival de Veneza

Cinema

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

O Cinema Português conheceu esta semana uma das suas páginas mais douradas, durante o 77º Festival Internacional de Cinema de Veneza, com um filme produzido por vimaranense.

Em comunicado, o presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, congratula o cineasta vimaranense Rodrigo Areias, e a “Bando à Parte”, pelo reconhecimento no aclamado festival de cinema.

A longa metragem “Listen”, realizada por Ana Rocha de Sousa, arrecadou o “Leão de Futuro”, de primeira obra e o prémio especial do júri Horizontes, que se juntam aos prémios paralelos do festival, de Bisato d’Oro de melhor realização e o prémio Sorriso Diverso Venezia, pela abordagem às questões sociais.

Este filme teve produção da Bando à Parte, produtora de cinema independente, sediada em Guimarães, em pleno Bairro C, no edifício do C.A.A.A., e tem com principal responsável Rodrigo Areias, cineasta vimaranense, que teve um papel fundamental na área do Cinema da Capital Europeia da Cultura de 2012, em Guimarães.

Por este reconhecimento do seu trabalho, Domingos Bragança agradece “a perseverança e determinação que o cineasta e produtor tem colocado no seu percurso, envolvendo-se em obras cinematográficas de grande relevo, mantendo a ligação à cidade de Guimarães, de forma estreia e sentida”.

Esta congratulação estende-se à realizadora Ana Rocha de Sousa, a todas e todos os envolvidos no filme “Listen”, bem como a atores, realizadores, produtores e profissionais dos audiovisuais que continuam a fazer Cinema Português e a levá-lo a patamares de grande projeção internacional.

Populares