Seguir o O MINHO

Ave

É a maior fabricante de botões do mundo, está em Famalicão e vai ampliar instalações

Economia

em

Foto: Divulgação / CM Famalicão

Produz entre 9 a 12 milhões de botões por dia, está localizada no Louro, em Famalicão, e é considerada a maior fabricante de botões no mundo. A Louropel prepara-se agora para aumentar as suas instalações, num investimento de um milhão de euros, que permite criar mais uma unidade no concelho e empregar mais colaboradores.

A proposta para esta ampliação, que integrará uma zona até então classificada como Reserva Agrícola Nacional (RAN), foi analisada na última reunião de executivo da Câmara de Famalicão, onde foi reconhecido um “relevante interesse público” em favor da ampliação.

Dessa forma, o terreno em questão deixa de integrar a RAN  e passará a albergar a futura unidade que será dedicada em exclusivo  à produção de botões a partir de material reciclado.

Em comunicado, o presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha (PSD), fala numa “empresa com história, que tem apostado muito na sustentabilidade ambiental dos seus processos produtivos e que é um dos melhores exemplos para a afirmação de Famalicão como a Cidade Têxtil de Portugal”.

Paulo Cunha acrescenta ainda que a intenção de expansão da Louropel “é uma boa notícia para Vila Nova de Famalicão” que, “nesta fase menos positiva, continua a ter empresas dispostas a apostar na melhoria das suas condições produtivas”.

Refira-se que os botões produzidos através de energias mais limpas e com a incorporação de produtos naturais e reciclados– os chamados Botões Ecológicos Biodegradáveis – são já uma imagem de marca da empresa famalicense.

Com a construção desta nova unidade de reciclagem passará a rececionar resíduos de outras atividades económicas, respondendo a novos padrões de consumo ecológico e sustentável e contribuindo ainda mais para a neutralidade carbónica e para a economia circular.

ALouropel emprega atualmente cerca de 250 trabalhadores e o seu investimento nos últimos anos ascende a 50 milhões de euros em projetos de ampliação e modernização.

Exporta cerca de 85% da produção, sendo a Europa e os Estados Unidos os seus principais mercados, fornecendo grande marcas mundiais de vestuário como a Hugo Boss, Ralph Lauren, Armani, Valentino, Kenzo, Massimo Dutti, entre outras.

Populares