Seguir o O MINHO

Barcelos

Descarga no rio volta a matar peixes em Barcelos

Situação foi denunciada em vídeo nas redes sociais – Imagens: Lala Litos

em

Mais um episódio de poluição no Ribeiro de Amiais, na freguesia de Barcelinhos aconteceu, este fim-de-semana e foi denunciado por um popular. Segundo o Presidente da Junta local, a descarga provem da freguesia de Carvalhal e já foi alvo de várias denúncias.

Esta não é a primeira vez que tal acontece como dá conta Rui Peixoto. O autarca lembra que em Janeiro comunicou às autoridades competentes “um problema ambiental que pode ser presenciado, com alguma regularidade, no Ribeiro dos Amiais, no Lugar de Medro”.

“Num local onde, em situações normais, as águas são cristalinas, este Ribeiro evidencia, com muita regularidade, aquilo que se conclui serem Descargas Poluentes, de tal ordem graves, que se tornam visíveis à distância. Espuma, água escura ou com diferentes cores, graves sinais de poluição industrial, levam a acreditar que estão a matar este afluente que, metros abaixo, desagua no Rio Cávado”, escreveu o autarca.

Na exposição pede uma “investigação” ao sucedido.

Em abril enviou uma carta para a presidência da república encaminhada também para o Gabinete do Primeiro Ministro e Secretaria de Estado do Ambiente onde volta a falar das descargas industriais no rio.

Já este mês, no dia 14, o autarca acompanhou as diligências da GNR no Parque de S. João e pelo ribeiro acima até ao foco de Poluição, juntamente com o habitante que lançou o alerta.

“Dezenas de peixes mortos, águas escuras: verificado foco de poluição pela GNR e documentado em fotografia e vídeo”, concluiu Rui Peixoto.

No dia seguinte, o caso foi enviado para o SEPNA e para o Ministério do Ambiente.

Anúncio

Barcelos

Saiba onde vai ficar a Mercadona em Barcelos

Abertura a 26 de setembro

em

Foto: DR

Já há data oficial para a abertura da primeira loja da cadeia de hipermercados espanhola Mercadona na região do Minho. O próximo dia 26 de setembro fica marcado pela abertura da loja na rua Filipa Borges, 414, na cidade de Barcelos.

Depois das primeiras 4 aberturas no mês de julho, no distrito do Porto, a empresa prepara agora a sua próxima abertura, no dia 26 de setembro, em Barcelos.

Durante os próximos dias, até 6 de setembro, colaboradores da empresa vão “dar a conhecer” aos vizinhos da nova loja o funcionamento do supermercado, através de sessões de apresentação às comunidades, avança a empresa em comunicado.

Em Barcelos, as apresentações decorrem no Hotel Bagoeira e estão programadas 2 sessões por dia, com capacidade para cerca de 100 participantes cada: uma de manhã, pelas 11:00, e outra à tarde, pelas 18:00, com a duração de uma hora.

Para cada sessão é necessário realizar inscrição através dos números de telefone 918 724 597 e 918 714 687, de segunda a sexta-feira, entre as 9:00 e as 21:00.

Continuar a ler

Barcelos

Detido após “bofetadas e empurrões” a ex-companheira em Barcelos

Homem de 39 anos tinha uma faca de cozinha que lhe foi apreendida

em

Foto: Ilustrativa

A PSP deteve na terça-feira, em Barcelos, um homem de 39 anos por violência doméstica contra a sua ex-cônjuge, anunciou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, a PSP refere que o detido abordou a na via pública e agrediu-a com bofetadas e empurrões. Perante a intervenção de populares, o detido foi “isolado” da ex-cônjuge até à presença da PSP.

O suspeito tinha em sua posse uma faca de cozinha, que foi apreendida.

Continuar a ler

Barcelos

Emigrante de Barcelos mata mulher à facada no Luxemburgo

Violência doméstica

em

Foto: DR

Um emigrante português, natural da freguesia de Lama, Barcelos, está sob custódia policial no Luxemburgo desde o passado sábado depois de ter provocado lesões fatais na companheira, de nacionalidade brasileira, no Luxemburgo, com recurso a uma arma branca, sabe O MINHO.

De acordo com informações da polícia daquele país, os serviços de emergência foram chamados a um apartamento no centro de Esch sur Alzette, a 20 quilómetros da capital, onde residia o casal, encontrando Dione Streckert, de 52 anos, em estado “muito crítico”.

A mulher, natural de Santa Catarina, no Brasil, não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer já no hospital durante a madrugada de domingo, dia 11. Já o emigrante português foi ouvido pelas autoridades ainda no local do crime e acabou detido, tendo-lhe sido decretada a medida de prisão preventiva enquanto aguarda julgamento.

Familiares da vítima relataram à imprensa brasileira que o homem já se tinha envolvido em confrontos com a companheira, tendo inclusive sido detido durante dois dias na sequência de episódios de violência doméstica.

A mesma fonte aponta “ciúmes” como motivação do crime, uma vez que a mulher estaria de partida para o Brasil durante esta semana, algo que o português pretendia evitar.

O crime está a chocar a comunidade brasileira no Luxemburgo e foi criada uma página nas redes sociais em homenagem a vítima.

Familiares da vítima estão a caminho do Luxemburgo para cooperar com as autoridades judiciais, uma vez que a vítima tinha uma filha de 10 anos [de outro relacionamento] que se encontra agora entregue às autoridades daquele país.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares