Descarga no rio volta a matar peixes em Barcelos

Situação foi denunciada em vídeo nas redes sociais – Imagens: Lala Litos
Foto: Facebook

Mais um episódio de poluição no Ribeiro de Amiais, na freguesia de Barcelinhos aconteceu, este fim-de-semana e foi denunciado por um popular. Segundo o Presidente da Junta local, a descarga provem da freguesia de Carvalhal e já foi alvo de várias denúncias.

Esta não é a primeira vez que tal acontece como dá conta Rui Peixoto. O autarca lembra que em Janeiro comunicou às autoridades competentes “um problema ambiental que pode ser presenciado, com alguma regularidade, no Ribeiro dos Amiais, no Lugar de Medro”.

“Num local onde, em situações normais, as águas são cristalinas, este Ribeiro evidencia, com muita regularidade, aquilo que se conclui serem Descargas Poluentes, de tal ordem graves, que se tornam visíveis à distância. Espuma, água escura ou com diferentes cores, graves sinais de poluição industrial, levam a acreditar que estão a matar este afluente que, metros abaixo, desagua no Rio Cávado”, escreveu o autarca.

Na exposição pede uma “investigação” ao sucedido.

Em abril enviou uma carta para a presidência da república encaminhada também para o Gabinete do Primeiro Ministro e Secretaria de Estado do Ambiente onde volta a falar das descargas industriais no rio.

Já este mês, no dia 14, o autarca acompanhou as diligências da GNR no Parque de S. João e pelo ribeiro acima até ao foco de Poluição, juntamente com o habitante que lançou o alerta.

“Dezenas de peixes mortos, águas escuras: verificado foco de poluição pela GNR e documentado em fotografia e vídeo”, concluiu Rui Peixoto.

No dia seguinte, o caso foi enviado para o SEPNA e para o Ministério do Ambiente.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Fridão: Governo reitera que não devolve dinheiro da barragem à EDP

Próximo Artigo

Cientistas descobrem nova via terapêutica cria “alguma esperança” para travar Alzheimer

Artigos Relacionados
x