Seguir o O MINHO

Barcelos

Mau estado de escola em Barcelos força crianças a levar mantas para o frio

Presidente da Associação de País diz estar em causa “a saúde das crianças”

em

Foto: DR

A Associação de Pais criticou, esta quarta-feira, as “degradantes e inacreditáveis” condições da escola do 1.º ciclo e jardim-de-infância da Pousa, em Barcelos, sublinhado que os alunos são obrigados a levar mantas para se protegerem do frio.

Em declarações à Lusa, o presidente da associação, Cristiano Coelho, disse que a escola aguarda há mais de 15 anos por obras que “não há meio” de saírem do papel e que os pais “perderam a paciência”, tendo já agendado uma manifestação para a próxima quarta-feira.

“Por incrível que possa parecer, as crianças estão a levar mantas para a escola, porque o frio entra por todos os lados”, referiu.

A Escola da Pousa conta com 40 crianças no jardim-de-infância e 80 alunos no 1.º ciclo.

Funciona em dois edifícios, um com mais de 50 anos, para o 1.º ciclo, e o outro com cerca de 40.

Segundo Cristiano Coelho, a caixilharia, em madeira, está podre, permitindo correntes de ar que “põem em causa a saúde” das crianças.

O responsável contou que num dia de novembro, numa altura de muito frio, 32 alunos ficaram em casa, com sintomas de febre e constipação.

Disse que houve mesmo uma criança que “quase entrou em hipotermia”.

Críticas corroboradas por Gilda Fernandes, também da Associação de Pais, que acrescentou que as casas de banho “são do terceiro mundo”, sendo muitas as crianças que se recusam a usá-las.

“São casas de banho que metem medo, só vendo é que se acredita”, referiu.

Os pais aludem ainda à cobertura em amianto do edifício que acolhe o jardim-de-infância e aos baldes que é preciso lá colocar para “aparar” a chuva, “que entra sem pedir licença”.

“É muito, mas mesmo muito, mau”, referiu Gilda Fernandes, vincando que a escola precisa de uma intervenção “de fundo”.

No último fim de semana, os pais colocaram faixas negras nas grades da escola, com frases de protesto pelo estado do estabelecimento de ensino.

Para a próxima quarta-feira, está marcada uma manifestação frente à escola.

Contactada pela Lusa, a Câmara de Barcelos disse que as obras na escola avançarão “logo que exista disponibilidade financeira por parte do município”.

Disse ainda que o projeto para a empreitada de requalificação “está pronto” e tem um valor base de 967 mil euros, acrescido de IVA.

Anúncio

Barcelos

Morreu primeira vítima de covid-19 em Barcelos

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo (Arquivo)

Barcelos registou hoje a primeira vítima mortal de covid-19. Trata-se de um idoso, entre os 75 e os 80 anos, da freguesia de Macieira de Rates, que estava internado no Hospital de Barcelos, confirmou a O MINHO o presidente daquela junta de freguesia, José Padrão.

A vítima mortal já sofria de problema respiratórios, sendo, portanto, doente de risco. A sua situação complicara-se nos últimos dois dias.

Segundo os dados do boletim epidiomiológico da Direção-Geral de Saúde deste sábado, no concelho de Barcelos existem 83 casos confirmados de infeção. Em todo o Minho estão confirmados 876 casos covid positivo.

Detetado em dezembro de 2019, na China, o novo coronavírus já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 59 mil.

Dos casos de infeção, mais de 211 mil são considerados curados.

Continuar a ler

Barcelos

Vigiado por pulseira eletrónica é detido enquanto furtava num talho em Barcelos

Crime

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um homem de 38 anos foi detido por militares do Núcleo de Investigação de Barcelos da GNR, na madrugada de sexta-feira, quando furtava um talho no concelho de Barcelos, anunciou aquela força.

Segundo o comando territorial de Braga, a ação foi efetuada no decurso de uma investigação relacionada com furtos em estabelecimentos comerciais, e permitiu deter o supeito em flagrante delito no interior do talho na posse de material furtado.

Foi-lhe apreendida uma balança, uma motosserra, uma embalagem com seis lâmpadas led e a viatura utilizada para consumar o delito.

“O detido está indiciado pela prática de três furtos em estabelecimentos comerciais, dois em veículos, dois em estaleiros e um numa residência”, refere a GNR.

“Tem também antecedentes por tráfico de estupefacientes e violência doméstica, encontrando-se sob vigilância através de pulseira eletrónica”, acrescenta.

Foi também constituído arguido um homem, de 26 anos, cúmplice do detido em furtos, tendo-lhe sido apreendido material furtado num estaleiro, no decorrer de uma busca domiciliária.

Continuar a ler

Barcelos

Utentes de lar em Barcelos regressam ao espaço

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Os 22 utentes do Centro de Apoio e Solidariedade da Pousa (CASP) infetados com covid-19 estavam a regressar ao lar durante a tarde de hoje, adiantou o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, em videoconferência de imprensa.

Recorda-se que cinco dos infetados, os primeiros casos detetados, tinham sido transferidos para o Hospital de Barcelos e os restantes para o Seminário da Silva, no mesmo concelho.

A operação começou ao início da tarde e, segundo o autarca, é morosa, porque a transferência está a ser feita “doente a doente”, de acordo com o estipulado pelas autoridades de saúde.

Ainda segundo Miguel Costa Gomes, em primeiro lugar foram levados os idosos não infetados – 3 – que ficarão numa “ala completamente separada”.

Continuar a ler

Populares