Seguir o O MINHO

Braga

Concerto de sinos em Braga envolve sete igrejas e cerca de 70 tocadores

25 de abril

em

Foto: DR/Arquivo

Cerca de 70 “tocadores” espalhados pelas torres de sete igrejas do centro histórico de Braga vão dar, na quinta-feira pelas 18:00, um concerto de sinos, uma iniciativa integrada nas comemorações do 25 de abril, disse hoje o produtor executivo do espetáculo.

Em declarações à Lusa, Mauro Rodrigues acrescentou que o concerto tem a duração de 50 minutos, envolvendo mais de três dezenas de sinos.

“É um concerto para se ouvir em movimento, enquanto se circula pelo centro histórico da cidade. O apelo que fazemos é para que as pessoas não fiquem paradas, porque não há um ponto melhor que outro para assistir”, referiu.

Com ou sem conhecimentos musicais, os tocadores são voluntários, com idades que variam entre os 10 e os 68 anos e que têm vindo a ensaiar “com denodo” para que “nada falhe”.

Os sinos são tocados à corda, manualmente.

O concerto chama-se “Et Patriae Libertionem” e tem direção artística de Llorenç Barber, que o concebeu expressamente para os sinos de Braga.

As igrejas palco do concerto são as dos Congregados, S. Marcos, Santa Cruz, Terceiros, Misericórdia, Carmo e Pópulo.

“Formam um círculo quase perfeito, abraçando o centro histórico”, disse ainda Mauro Rodrigues.

Depois do toque inicial, que será em simultâneo nas sete igrejas, cada torre terá o seu momento “a solo”, devidamente orientado por um cronómetro, “para que nada falhe”.

Este concerto será uma reedição do realizado aquando da Noite Branca 2016, mas “com algumas nuances”.

Anúncio

Braga

Mais de mil ‘sambaram’ no Carnaval brasileiro de Braga

O grupo “Minho de Janeiro”, organizador do primeiro bloco de Carnaval brasileiro organizado em Braga, juntou, ao longo da tarde e noite deste domingo, mais de mil participantes no jardim dos Chorões, junto ao Campo das Hortas, à entrada do centro histórico da cidade.

em

Foto: O MINHO

O grupo “Minho de Janeiro”, organizador do primeiro bloco de Carnaval brasileiro organizado em Braga, juntou, ao longo da tarde e noite deste domingo, mais de mil participantes no jardim dos Chorões, junto ao Campo das Hortas, à entrada do centro histórico da cidade.

Continuar a ler

Braga

PSD Braga promove debate sobre a eutanásia

No Hotel Mercure

em

Foto: DR / Arquivo

A comissão política concelhia de Braga do PSD promove, na próxima quarta-feira, um debate sobre a morte medicamente assistida, foi hoje anunciado.

Em comunicado, aquela estrutura aponta o tema como “de interesse local e nacional”, para ser debatido em “fórum de ideias” e “motivar a discussão em torno das questões ralacionadas” com a eutanásia.

O debate, que terá início às 21:15, no Hotel Mercure e é aberto à comunidade, contará com a participação de Ricardo Baptista Leite, médico e vice-presidente do grupo parlamentar do PSD e Paulo Baldaia, jornalista e comentador político.

Recorde-se que a Assembleia da República aprovou na generalidade, na passada quinta-feira, os cinco projetos para despenalização da morte medicamente assistida.

Continuar a ler

Braga

Emigrante de Vieira do Minho morre em incêndio no Luxemburgo

Óbito

em

Foto: DR

Bruno Mota, natural do concelho de Vieira do Minho, perdeu e vida na sequência de um incêndio durante a madrugada de sábado, que deflagrou num prédio na localidade de Sanem, no Luxemburgo.

A vítima mortal terá sido encurralado pelas chamas que deflagraram no primeiro andar do edifício, tendo dado alerta do incêndio às autoridades.

Bruno não conseguiu escapar de dentro do apartamento, acabando por ser encontrado pelos bombeiros já cadáver.

Segundo relata o Jornal de Luxemburgo, a vítima era uma figura bastante conhecida por entre a comunidade local, através da resturação.

Ainda não há data para as cerimónias fúnebres.

Continuar a ler

Populares