Seguir o O MINHO

Braga

Cada vez mais séries e filmes ‘rodam’ em Braga

Cultura

em

Foto: Divulgação / Conselhos da Noite

Nos últimos dois anos, Braga tem sido um ‘set’ para a realização de produções cinematográficas.


Em 2018, começou a ser filmada na cidade (e em algumas freguesias ao redor) a produção Conselhos da Noite, do realizador bracarense José Oliveira. Tiago Aldeia, eternizado na memória coletiva como ‘Rodas’, da série infanto-juvenil Morangos com Açúcar, é a personagem principal, mostrando diversos locais bem conhecidos da cidade.

Em 2020, foram duas as séries televisivas cuja realização passou por Braga. Primeiro, a série Vento Norte, com um elenco de luxo, realizada por Almeno Gonçalves. Este sábado, terminaram as gravações de uma nova série – Soldado Desconhecido – com o papel principal a caber a Diogo Morgado.

Altino Bessa, vereador da Câmara de Braga com o pelouro do Turismo, disse a O MINHO que o apoio a estas produções tem sido uma aposta “forte” da Câmara de Braga, de forma a divulgar património local e puxar para a cidade um reforço cultural ao nível da sétima arte, até porque Braga quer ser a Capital Europeia da Cultura em 2027, podendo arrecadar 25 milhões de euros para o efeito.

“A Câmara tem apoiado a industria cinematográfica desde 2018, quando teve um primeiro contacto para apoiar um filme chamado Conselhos da Noite, com o Tiago Aldeia, em que mais de 90% do filme foi rodado e gravado em Braga”, explica o vereador.

Conselhos da Noite

Nesse filme, Braga “acaba por ter essa relevância, porque aparecem vários locais conhecidos”, diz Bessa. “Foi a primeira longa metragem e agora está em exibição”.

O realizador, José Oliveira, é de Braga, e esta foi uma “possibilidade de dar oportunidade a realizadores e a jovens que querem trabalhar nesta área cinematográfica, para além de permitir que personagens locais possam interpretar papeis, como o Adolfo Luxúria Canibal, vários elementos da CTB e personagens da cidade anónimas que participaram no filme”.

O Conselhos da Noite foi apresentado no Theatro Circo e daí partiu para as salas de cinema. Ainda está no Braga Parque em exibição.

Equipa do filme Conselhos da Noite com o vereador Altino Bessa, em Braga. Foto: Divulgação / CM Braga

Vento Norte

“Braga nunca tinha feito essa aposta, a partir daí surgiu oportunidade de trazer a série da RTP Vento Norte, uma série histórica ficcionada que retrata a época entre 1916 e 1926, onde apanha o final da I Guerra Mundial e todo o período controverso do final da I República e que termina com o início do golpe de 28 de maio de 1926 do Gomes da Costa, que partiu daqui de Braga”, conta Altino Bessa.

Almeno Gonçalves realiza a série histórica Vento Norte. Foto: DR

Filmagens da série Vento Norte em Braga. Foto: DR

Produção prepara cenário nos museus de Braga para filmagens da série Vento Norte. Foto: DR

Esta série de 10 episódios vai passar em fevereiro na RTP e, caso tenha sucesso, pode ter continuidade com novas temporadas recriadas a partir de 1926. Tudo depende das audiências.

Soldado Desconhecido

Entretanto, surgiu novo projeto a ser gravado em Braga, desta feita sobre um soldado desconhecido, Fernão Magalhães, que regressa de uma viagem a Goa no século XVI (16).

“Tem como principal personagem o Diogo Morgado, que é um ator muito conhecido e reconhecido e que fez filmes e séries internacionais, e a Câmara também acedeu ao pedido de fazer uma parte das filmagens em Braga, no Mosteiro de Tibães, porque falámos do século XVI e não é fácil encontrar cenários adequados que nos remetam para a época em causa”, explicou o vereador.

As filmagens decorreram no mosteiro durante dez dias, terminando este sábado. Haverá ainda filmagens na zona do Gerês e em Lisboa até que a produção fique completa. Anteriormente, passou por Águeda e Vila do Conde.

“Levar Braga ao mundo”

“O objetivo, acima da tudo, é Braga ser conhecida em vários sectores – turístico, patrimonial, cultural”. O vereador recorda as várias valências culturais como o Theatro Circo ou o gnration, para além do Altice Forum, que acolhe diversos espetáculos culturais, mas realça que não existia o hábito de se filmar em Braga.

“A componentes cinematográfica tem outra vantagem, porque leva longe e a públicos diversos a imagem da cidade, e isso nunca se tinha feito, nunca se tinha filmado nenhuma longa metragem nem nenhuma série em Braga”, reforçou Altino Bessa.

Anúncio

Braga

Unidade da Póvoa de Lanhoso recebe 80 doentes covid até final da próxima semana

Covid-19

em

Foto: SCM Póvoa de Lanhoso / Divulgação

A UCM (Unidade de Cuidados Moderados) da Póvoa de Lanhoso, que visa receber utentes covid-19 positivos, e aliviar a pressão dos Hospitais Públicos da região, recebe até ao final deste sábado, 40 utentes. Até final da próxima semana, a unidade contará com 80 utentes, foi hoje anunciado.

Durante a manhã deste sábado, o provedor da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso, Humberto Carneiro, recebeu na Unidade de Cuidados Moderados, a visita do secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, do presidente da União das Misericórdias Portuguesas, Manuel de Lemos, do presidente da ARS Norte, Carlos Nunes e do presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva, que vieram constatar as condições desta Unidade de tratamento.

Foto: Divulgação / SCM Póvoa de Lanhoso

Para o Provedor:“Este é mais um exemplo de cooperação entre as Misericórdias Portuguesas e o Estado, na luta contra a pandemia que a todos atinge. Até final da semana a unidade contará com 80 utentes. Esta será a 1ª fase do acordo com a ARSN, sendo que, caso seja necessário, a Misericórdia estará em condições de adequar a Unidade para receber até 160 utentes. Estamos perante um trabalho notável de toda a Instituição, de realçar o trabalho incansável e a prontidão de toda a equipa. Nas pessoas do diretor clínico e da enfermeira diretora, quero publicamente agradecer e reconhecer o trabalho exemplar de dedicação às causas que a Misericórdia abraça. De referir ainda que este projeto foi apenas possível com o apoio da Câmara Municipal, portanto o meu sentido agradecimento ao Presidente da Câmara, Avelino Silva.”

A Unidade de Cuidados Moderados da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso, torna-se, assim, com as 80 camas, a maior resposta nacional de apoio aos Hospitais EPE, para a receção de utentes COVID-19 positivos, para o combate à pandemia fora da resposta pública.

Continuar a ler

Braga

Municípios transfronteiriços reconhecem caminho que liga Braga a Santiago

Caminhos de Santiago

em

Foto: DR

A associação Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular acaba de reconhecer o Caminho da Geira e dos Arrieiros, que liga Braga a Santiago de Compostela, na distância de 240 quilómetros, num guia com os principais itinerários jacobeus.

Esta entidade luso-galaica, que reúne 35 municípios da região transfronteiriça e a província de Lugo, divulgou no dia 16 de novembro um guia que, ao longo de 184 páginas, descreve 14 caminhos de Santiago, entre os quais o da Geira e dos Arrieiros, incluindo o seu troço por Berán, seguindo o traçado apresentado pela Associação do Caminho Jacobeu Minhoto Ribeiro, em Braga, em 2017.

O guia “Um Caminho de Futuro” [link para download: https://bit.ly/2IH1BLx ], escrito em espanhol, galego, português e inglês, descreve o traçado que começa na Sé de Braga ao longo de 13 páginas, ilustradas com desenhos dos principais locais de passagem dos peregrinos. A primeira edição conta 74 mil exemplares.

A associação Eixo Atlântico, atualmente liderada pelo presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, dedica- se a apoiar “as iniciativas que fomentem a cooperação transfronteiriça, constituída pelos municípios do Norte de Portugal e da Galiza” e não tem fins lucrativos.

O Caminho da Geira e dos Arrieiros foi reconhecido pela Igreja em março de 2019, quando o delegado de peregrinações do cabido da Catedral de Santiago, o deão Segundo L. Pérez López, assinou um certificado onde refere que o traçado cumpre “as condições de outros caminhos de peregrinação” e por isso “concede a Compostela” a quem o percorrer.

Está em curso o processo de homologação pelas entidades civis.

No ano passado foi percorrido por 367 peregrinos em 10 meses. A maioria partiu de Braga (227), seguindo-se Castro Laboreiro (104), Entrimo e Ribadavia (com oito cada).

Os portugueses constituem o maior grupo (80%), havendo ainda registo da passagem de italianos, suíços, franceses, brasileiros, polacos e holandeses.

Além dos peregrinos que receberam a Compostela (e, como tal, entraram nas estatísticas), a associação Codeseda Viva considera que muitos outros o fizeram, apontando uma estimativa global de 850 pessoas.

Continuar a ler

Braga

Concelho de Braga com 1.694 casos ativos

Covid-19

em

Foto: DR

O concelho de Braga regista hoje 1.694 casos ativos de covid-19, mais 1o3 do que na sexta-feira, data do último balanço publicado por O MINHO.

O município contabiliza agora 5.850 casos desde o início da pandemia, mais 249 nas últimas 24 horas.

Estes números foram apurados pelo nosso jornal junto de fonte local da saúde às 17:30 de sexta-feira.

Há ainda mais 146 doentes curados desde ontem, totalizando 4.316 recuperações desde o início da pandemia.

Há 89 óbitos a lamentar, o mesmo número de ontem.

Por fim, estão 1.463 pessoas em vigilância ativa, mais 27 do que ontem.

Continuar a ler

Populares