Cabeceiras de Basto: Dispara caçadeira à porta de bar por vingança e atinge 9 pessoas

Crime

Nove pessoas sofreram ferimentos e outra foi detida na sequência de um episódio que envolveu o disparo de uma caçadeira, na madrugada deste sábado, em Cabeceiras de Basto.

Ao que apurou O MINHO junto de fonte oficial da GNR, o homem de 26 anos, terá agido por vingança contra um grupo de outros jovens, depois de alegadamente ter sido agredido por estes durante a semana.

Esta madrugada, o suspeito, que trabalha no arquipélago da Madeira mas encontra-se de férias em Cabeceiras de Basto, de onde é natural, resolveu vingar-se da ‘sova’, e esperou que o bar onde o grupo normalmente se encontrava – Duuplex – fechasse, sabendo que os jovens depois ficariam algum tempo no exterior, podendo assim confrontá-los.

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Terá parado o carro em frente ao estabelecimento, cerca das 04:30, e “efetuou um disparo de caçadeira para o chão” sem sair da viatura. Segundo a GNR, os estilhaços atingiram nove pessoas. O  ‘atirador’ foi depois levar a caçadeira a casa e, de seguida, entregou-se no posto da GNR, onde se encontra detido.

Vestígios de sangue à porta do bar. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Algumas testemunhas afirmam que, cerca de uma hora antes do disparo, o suspeito terá estado dentro do bar, onde terá travado razões com o grupo, sendo isso que o levou a ir a casa buscar a caçadeira.

Os Bombeiros Cabeceirenses foram solicitados e prestaram primeiro socorro às vítimas, transportando-as para o Hospital de Guimarães.

As primeiras indicações dão conta de ferimentos ligeiros em todos eles.

O caso vai passar para a alçada da Polícia Judiciária por ter sido utilizada uma arma de fogo.

Segundo apurou O MINHO, a arma está legalizada uma vez que o suspeito é caçador.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

'Pulmão' de Braga ardeu há cinco anos. O que fez a Câmara para tentar evitar nova desgraça

Próximo Artigo

João Matias, de Barcelos, entra hoje em ação nos Mundiais de ciclismo de pista

Artigos Relacionados
x