Seguir o O MINHO

Motores

Bracarenses Joana Barbosa/Sofia Mouta em 5º lugar no Rali de Mortágua

em

Foto: Racespirit

As bracarenses Joana Barbosa/Sofia Mouta, da Veloso Motorsport, sediada na Póvoa de Lanhoso, ficaram esta domingo em 5º lugar no Rali de Mortágua, cumprindo desse modo os seus objetivos.


A dupla Joana Barbosa/Sofia Mouta a completar a prova no quinto posto do Grupo RC4 com o Ford Fiesta R2T, cumpriu assim mais uma etapa desta dura aprendizagem para as duas jovens bracarenses, que estiveram sempre em grande plano nesta quarta jornada do Campeonato de Portugal de Ralis 2018.

Os pisos de terra do rali disputado este passado fim-de-semana na zona centro, colocaram exigentes desafios a pilotos e equipa, sendo o saldo final de excelente nível face à grande competitividade apresentada por uma lista de inscritos recheada de grandes valores.

“Saímos de Mortágua muito satisfeitas com sentido do dever completamente cumprido”, disse Joana Barbosa a O MINHO, explicando que “tivemos algumas dificuldades durante a parte da manhã de sábado, com um tubo do turbo a soltar-se a fazer com que o Festa perdesse potência, condicionando assim um pouco o nosso andamento nessa fase do rali”.

“Mas felizmente a equipa resolveu todos os problemas e pudemos desfrutar do resto do rali, aumentando o nosso índice de experiência neste tipo de pisos, o que nos promoveu a confiança e o à vontade para enfrentar as próximas provas com uma motivação ainda maior”, destacou Joana Barbosa.

“Sentimos no final do rali que estamos cada vez melhores e isso faz com que os tempos apareçam e os objectivos sejam atingidos, pelo que mais uma vez queremos agradecer à Veloso Motorsport pelo excelente trabalho desenvolvido, sendo de facto uma mais valia contar com o apoio e a competência desta excelente equipa”, acrescentou Joana Barbosa em nome da equipa.

A Veloso Motorsport prepara-se agora para a prova rainha do Campeonato de Portugal de Ralis, o prestigiante Rali de Portugal, evento que faz igualmente parte do Mundial da especialidade, que se disputa entre 17 e 20 de maio, na Região Norte e especialmente no Minho.

Anúncio

Motores

Félix da Costa vai testar na IndyCar norte-americana

Automobilismo

em

Foto: DR / Arquivo

O piloto português António Félix da Costa, que este ano venceu o campeonato de Fórmula E, foi convidado para testar um dos monolugares da IndyCar, a maior competição de monolugares dos Estados Unidos da América, foi hoje anunciado.

O teste com o monolugar da Rahal Letterman Lanigan Racing vai decorrer no próximo dia 02 de novembro, no circuito de Barber Motorsports Park.

Para o piloto de Cascais, é “sonho de criança” que se cumpre.

“Nunca escondi o sonho e a vontade de correr na IndyCar. Sou um grande fã do campeonato e da mentalidade das corridas nos Estados Unidos. Conheço o Bobby Rahal há alguns anos e sempre que nos víamos em brincadeira eu dizia que tinha de ir experimentar os carros da equipa dele, e quando ele me ligou com este convite para conhecer e testar com a Rahal, foi impossível recusar”, referiu o piloto luso, em declarações difundidas pela sua assessoria de imprensa.

Félix da Costa garante, contudo, continuar “focado na Fórmula E”, mas não fecha a porta da IndyCar no futuro.

“Quero fazer um bom trabalho, deixar a minha marca na equipa e nunca se sabe o que o futuro nos pode reservar,” concluiu.

O monolugar da IndyCar é equipado com um motor V6, 2.2L com cerca de 700 cavalos de potência.

Continuar a ler

Motores

Mundial de Superbikes termina no Estoril em prova sem público

Motociclismo

em

Foto: DR / Arquivo

A última prova do Mundial de Superbikes, a disputar no circuito do Estoril e que decidirá a atribuição do título, vai decorrer à porta fechada, devido à pandemia de covid-19, anunciou hoje a organização.

“Apesar de atempadamente ter entregue um plano de segurança, o circuito do Estoril não recebeu a desejada autorização para poder abrir as bancadas aos fãs portugueses das Superbikes, o que aconteceria em número limitado e de acordo com todas as regras vigentes”, refere o comunicado.

A organização explica que assim, “a consagração dos campeões do mundo superbike e supersport 300 será assim exclusivamente acompanhada através da transmissão televisiva” e lembra que a ronda anterior do campeonato, que decorreu em França no primeiro fim de semana de outubro, os vencedores receberam “o apoio, carinho e aplauso do público”.

A atribuição do título de Superbikes vai ser decidida na prova portuguesa entre os britânicos Scott Redding (Ducati) e Jonathan Rea (Kawasaki).

Rea chega à prova lusa, que se disputa entre 16 a 18 de outubro, com 59 pontos de vantagem sobre Redding, quando estão ainda 62 em disputa.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e quatro mil mortos e mais de 37,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.080 pessoas dos 86.664 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Motores

Miguel Oliveira termina em sexto no GP de França

MotoGP

em

Foto: DR / Arquivo

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje na sexta posição o Grande Prémio de França de MotoGP, nona prova da temporada.

O piloto português, que chegou a rodar na 18.ª posição no início da corrida, chegou a estar em quarto lugar a duas voltas do fim, mas perderia a quinta posição na derradeira curva, terminando a 4,466 segundos do vencedor, o italiano Danilo Petrucci (Ducati).

Com este resultado, Miguel Oliveira soma, agora, 69 pontos no campeonato do mundo.

Continuar a ler

Populares