Seguir o O MINHO

Braga

Legislativas: Prioridades e candidatos do Bloco de Esquerda por Braga

Partido entregou listas no Tribunal

em

Fotos: Divulgação

O Bloco de Esquerda entregou, na manhã desta terça-feira, no Tribunal de Braga, a lista de candidatos e candidatas pelo circulo eleitoral de Braga às Eleições Legislativas. As suas prioridades passam pelo “combate às alterações climáticas, preservando os recursos naturais, como o Parque Natural do Litoral Norte e o Parque Nacional Peneda Gerês, a defesa dos direitos dos trabalho, com especial destaque para o plano de emergência para o setor têxtil dos vales do Ave e Cávado, e a luta pela igualdade de direitos”.

À saída, e em declarações à comunicação social, José Maria Cardoso, cabeça de lista, apontou as prioridades da candidatura, frisando que “importa ter respostas concretas para problemas objetivos”, acrescenta.

O candidato referiu ainda que o objetivo passa por “manter o deputado” eleito nas últimas eleições, reconhecendo que “mediante o contacto direto com a população durante a campanha ir-se-á aferir as possibilidades de aumentar a representação”.

A lista é composta por 12 homens e 12 mulheres, provenientes de 13 concelhos do distrito, incluindo autarcas do Bloco de Braga, Barcelos, Guimarães e Famalicão, dirigentes de vários sindicatos e ativistas sociais pelos direitos humanos, ambientais e animais.

Foto: Esquerda.net / Divulgação

José Maria Cardoso, de Barcelos, é professor de Geografia. Dirigente do Sindicato dos Professores do Norte. Deputado na Assembleia Municipal de Barcelos. Dirigente Nacional do Bloco de Esquerda. A número dois é Alexandra Vieira, de Braga, que é professora de História, vice-presidente da Civitas Braga, dirigente do Sindicato dos Professores do Norte, deputada na Assembleia Municipal de Braga e dirigente nacional do Bloco.

O terceiro membro da lista é Sónia Ribeiro, de Guimarães, que é técnica de optometria, presidente do Sindicato do Comércio, Escritórios, e Serviços do Minho, deputada na Assembleia Municipal de Guimarães e dirigente Nacional do partido. O quarto é Miguel Martins, de Barcelos, estudante Universitário, ativista estudantil e social e coorganizador da 1ª Marcha LGBT+ de Barcelos.

O quinto é Paulo Costa, de Vila Nova de Famalicão, funcionário Judicial. deputado na Assembleia Municipal de Famalicão e dirigente Concelhio do BE.

Seguem-se, Paula Magalhães (independente), de Guimarães, Carlos Machado, da Póvoa de Lanhoso, Diana Silva, de Fafe, Fernando Bessa Ribeiro, de Braga, Ana Aradas, de Celorico de Basto, Patrícia Gonçalves (independente), de Vizela, Marco Gomes, (independente), de Cabeceiras de Basto e Raquel Azevedo, de Famalicão

O 14. º da lista é Ana Carolina Pereira, (independente), de Esposende, seguido de Nuno Costa, de Amares, Gorete Pimentel, de Vila Verde, Aurora Oliveira, (independente), de Braga, Ricardo Cerqueira, de Vila Verde, Hilário Martins, de Vieira do Minho, Manuela Airosa, de Braga, Renato Silva, de Braga, Andrea Lopes, de Guimarães, Pedro Ferreira, de Braga, e Rúben Santos, de Famalicão.

O mandatáario é Carlos Mesquita, professor do Ensino Básico, membro de associações culturaise presidente do Cineclube de Guimarães.

Anúncio

Braga

Ativista Greta Thunberg convidada a vir a Portugal após proposta de deputado de Braga

José Maria Cardoso (Bloco de Esquerda)

em

A jovem ativista sueca Greta Thunberg deverá passar por Portugal na viagem de barco que iniciou hoje dos Estados Unidos para cruzar o Atlântico e participar na Cimeira do Clima (COP25) de Madrid.

A possibilidade de Greta Thunberg passar por Portugal foi avançada hoje por Elayna Carausu, que viaja a bordo do catamarã chamado La Vagabonde (“A Vagabunda”) e que se ofereceu para a levar até Madrid.

“Uma decisão espontânea de mudar a nossa casa para o outro lado do oceano, mas nós amamos a Europa, por isso estamos ansiosos [para comer] um caldo verde à chegada”, disse hoje Carausu na sua conta no Instagram, sugerindo que o porto de chegada será em Portugal.

“Estou satisfeita por anunciar que espero chegar à COP25 em Madrid [que se realiza entre 02 e 13 de dezembro]”, disse Thunberg, de 16 anos, na terça-feira, na rede social Twitter.

A ativista viaja com os australianos Riley Whitelum e Elayna Carausu, que documentam as suas viagens por todo o mundo no YouTube, estando ainda no barco a sua filha, Lenny, de 11 meses, e a marinheira inglesa Nikki Henderson.

A provável passagem de Greta Thunberg por Portugal encaixa com uma proposta aprovada na terça-feira na comissão parlamentar de Ambiente da Assembleia da República no sentido de convidar a jovem sueca a vir a Portugal.

A proposta foi apresentada pelo presidente da Comissão de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, José Maria Cardoso (deputado do BE eleito por Braga), e mereceu a aprovação dos deputados.

Foto: Arquivo

“Foi uma proposta apresentada por mim e aprovada por unanimidade, que foi assumida por toda a comissão. Esta é uma vontade que vem já da anterior legislatura”, disse José Maria Cardoso, em declarações à Lusa.

De acordo com o presidente da comissão parlamentar de Ambiente, considerou-se agora ser “mais possível” a vinda de Greta a Portugal, tendo em conta que a ativista vai participar, em dezembro, numa conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre as alterações climáticas em Madrid, Espanha.

“A vinda [de Greta Thunberg] a Portugal servirá para reconhecer o trabalho desta ativista no que se refere às alterações climáticas […] e também responde à vontade manifestada por vários grupos de jovens”, acrescentou.

Esta proposta segue agora para deliberação pelo presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e só após esta decisão é que será endereçado um convite à jovem sueca e agendada uma data.

Greta Thunberg viajou em agosto do Reino Unido para Nova Iorque no veleiro ecológico de Pierre Casiraghi, o filho mais novo de Carolina de Mónaco, para participar da Cimeira das Nações Unidas sobre as alterações climáticas, em setembro.

A ativista, que tirou um ano sabático, pretendia viajar pelas Américas, por terra, até ao Chile, onde a Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (COP25) estava inicialmente agendada.

O governo chileno, no entanto, cancelou a organização do evento devido aos fortes protestos sociais que há semanas abalam este país sul-americano.

Thunberg evita viajar de avião para conscientizar sobre seu impacto na crise climática e pediu ajuda para chegar a Madrid, onde se vai agora realizar a cimeira.

A jovem iniciou uma greve à escola em setembro de 2018 em frente ao parlamento sueco para apelar à tomada de medidas contra as alterações climáticas, que inspirou um movimento global que a levou a ser recebida pelos líderes mundiais e a falar em conferências.

Continuar a ler

Braga

GNR identifica homem por posse ilegal de arma em Vieira do Minho

Caçadeira e 28 cartuchos apreendidos

em

Foto: DR / Arquivo

A GNR identificou, em Vieira do Minho, um homem de 45 anos por posse ilegal de arma em Vieira do Minho e apreendeu-lhe uma caçadeira e 28 cartuchos, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a GNR refere que, no âmbito de um processo por danos materiais numa máquina agrícola que decorre há seis meses, os militares deram cumprimento a uma busca domiciliária, que culminou naquela apreensão.

O suspeito foi constituído arguido e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial da Póvoa de Lanhoso.

Continuar a ler

Braga

Casal detido por tráfico em Vila Verde tinha na sua posse computador roubado em Viana

GNR encontrou, ainda, um computador portátil furtado em Viana

em

Foto: Ilustrativa / Arquivo

“Um casal de 32 e 30 anos” foi detido, esta terça-feira, no concelho de Vila Verde, por tráfico de estupefacientes, anunciou fonte da GNR.

De acordo com o Comando Territorial de Braga, em comunicado enviado a O MINHO, a detenção deu-se na sequência de um alerta recebido por uma patrulha, que foi avisada acerca de “um comportamento suspeito junto a vários veículos, estacionados numa zona de parqueamento, naquela localidade”.

Dirigido-se ao local indicado, os militares encontraram heroína e haxixe, e, ainda, um computador portátil furtado em Viana do Castelo, no Alto Minho.

“De imediato a patrulha deslocou-se ao local e acabou por abordar um veículo, cujo condutor correspondia com as características do homem que rondava os veículos parqueados, tendo detetado no seu interior um casal que tinha na sua posse 28 doses de heroína e 12 doses de haxixe, e um computador portátil que havia sido furtado de uma viatura da zona de Viana do Castelo naquela semana”, é referido pela GNR.

Os detidos foram constituídos arguidos, e os factos participados ao Tribunal Judicial de Braga.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares