Bibliotecas municipais de Vila Verde reabrem de “forma condicionada”

Desconfinamento

As bibliotecas municipais de Vila Verde voltam hoje a abrir ao público “embora de forma condicionada” e com horários reduzidos para “permitir higienizar os postos de leitura” devido à covid-19, anunciou a autarquia.

Na página oficial da rede social Facebook, a câmara refere que, “na sequência das recentes disposições do Governo, as bibliotecas municipais de Vila Verde, Biblioteca Prof. Machado Vilela e Biblioteca de Prado Comendador Sousa Lima, reabrem as suas portas ao público esta segunda-feira”.

A autarquia garante que o acesso aos serviços cumpre as orientações do Governo, da Direção-Geral de Saúde, e da Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas.

“Assim, é possível requisitar livros e outros documentos para empréstimo domiciliário, ler, estudar ou trabalhar, com Wi-Fi ilimitado, sendo porém requerida reserva prévia para o uso dos postos de leitura e dos computadores”, informa o texto.

O acesso aberto às estantes, “embora possível está condicionado, devendo os utilizadores optar preferencialmente pela consulta do catálogo ‘online’ ou pedir auxílio às bibliotecárias, que conhecem bem os gostos do público e as coleções”.

Depois de devolvidos, os documentos ficam três dias em quarentena antes de poderem voltar a ser lidos.

A autarquia relembra que o uso máscara dentro das instalações é obrigatório, bem como a desinfeção das mãos à entrada, e os circuitos dentro do edifício são condicionados de forma a garantir a distância física.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Águas do Alto Minho adere a Tribunal Arbitral de Consumo para "reforçar transparência"

Próximo Artigo

Mulher de 28 anos apanhada com droga duas vezes este mês em Vila do Conde

Artigos Relacionados
x