Seguir o O MINHO

Famalicão

Autárquicas – Paulo Cunha: “O projeto foi cumprido e superado”

em

Foto: Divulgação

Candidato à reeleição em Vila Nova de Famalicão pela Coligação Mais Ação (PPD/PSD.CDS-PP) nas autárquicas, Paulo Cunha demonstra satisfação pelo seu atual mandato. O político garante que superou o projeto inicial e que sente-se com o dever cumprido. Sua proposta é pela continuidade do trabalho.

Como apresentaria o seu concelho a uma pessoa de fora?
Vila Nova de Famalicão é um dos melhores municípios do país para viver e para desenvolver um projeto profissional, familiar ou pessoal. É um município com pergaminhos empreendedores, o terceiro mais exportador de Portugal, e por isso com uma taxa de desemprego tendencialmente inferior à média nacional. São muitas as empresas de referência do concelho que garantem um emprego mais qualificado. Localizado no coração do litoral norte português, beneficiamos da tranquilidade, das condições e dinâmicas de uma cidade de média dimensão mas estamos próximos de tudo. Os famalicenses são pessoas criativas, dinâmicas, empreendedoras e calorosas.

Como avalia o seu atual mandato do presidente da Câmara?
De forma muito positiva. O projeto que apresentamos aos famalicenses foi cumprido e até superado. Saio à rua de cabeça levantada, com a clara sensação do dever cumprido. Nos últimos quatros anos reforçamos a coesão territorial. Convocámos todos os agentes – públicos, civis e institucionais –, para uma participação ativa na gestão do espaço público do território. Estreitamos a malha social, conseguimos compromissos e participação e com isso o município afirmou-se como um dos maiores de Portugal. E fizemos também obra física. Não inauguramos nenhuma “obra do regime” mas renovámos escolas, estradas, equipamentos desportivos, culturais e sociais.

Quais são as suas prioridades para o futuro do seu concelho?
Queremos continuar a fazer de Vila Nova de Famalicão um concelho atrativo para o investimento, bom para viver, trabalhar e estudar. Para isso, continuaremos a trabalhar no sentido da coesão social com políticas sociais ajustadas e transversais a todas as gerações, com políticas educativas que garantam igualdade de oportunidades à partida para todos os alunos de Famalicão, com diálogo, compromisso e transparência com as empresas e instituições de Famalicão, com um política de obras públicas sensata com prioridade para as reais necessidades dos cidadãos de todas as freguesias do concelho, trabalhando no sentido do seu equilíbrio e da sua qualidade de vida em todos os quilómetros quadrados do seu território.

Como pretende fazer o diálogo com os concelhos vizinhos?
Assumi nos últimos quatro anos a presidência do Conselho Regional do Norte e devo dizer-lhe que sei, por experiência própria, que os Presidentes de Câmara, a partir do momento em que assumem funções, deixam de lado as diferenças partidárias e colocam em primeiro plano os superiores interesses dos seus concelhos e das suas regiões. Com este espírito construtivo é muito fácil dialogar e desenvolver projetos intermunicipais que resultam em ganhos de eficiência para os municípios individualmente falando. Veja-se o caso das CIM’s, do Quadrilátero e da própria Comissão de Coordenação da Região Norte. Há ganhos enormes de eficiência em determinadas áreas se a dinâmica estiver assente na escala supramunicipal, nomeadamente na cultura, na mobilidade, no ambiente, no planeamento e outas. Tenciono mantar total espirito de abertura e diálogo para com as Câmara Municipais vizinhas e ser inclusivamente agente de ignição ao nível da colaboração e desenvolvimento interinstitucional.

*O Minho tentou contato com todos os candidatos do concelho

Anúncio

Famalicão

Famalicão de luto com a morte de Gouveia Ferreira, notável dirigente e advogado

Presidente do Famalicense Atlético Clube e antigo dirigente dos Bombeiros de Famalicão

em

Foto: Divulgação

Morreu Manuel António Gouveia Ferreira, advogado famalicense e, desde 2017, um dos “notáveis” do dirigismo desportivo, depois de ter sido agraciado com o galardão de Mérito Desportivo, por parte da Câmara de Famalicão.

Dirigente do ano, em 2017, no Famalicense Atlético Clube (FAC), um dos mais ecléticos clubes desportivos da região, a participar em modalidades nas principais divisões nacionais, Gouveia Ferreira dirigiu ainda o Clube Aventura Famalicão. No aspecto humanitário, presidiu à direção dos Bombeiros Voluntários de Famalicão.

 

Era também conhecido na praça pública por ser um crítico mordaz, recorrendo a sátira e ironia nos artigos de opinião que foi publicando, ao longo da última década, no jornal famalicense Opinião Pública, do grupo que alberga a Fama TV e a Rádio Digital.

O corpo estará em câmara ardente a partir das 16:00, desta segunda-feira, na casa mortuária da Igreja Matriz velha, na Praça 9 de Abril. A família informa ainda que não haverá lugar a cerimónia religiosa, com o corpo a ser levantado para um crematório no final da manhã de terça-feira.

Continuar a ler

Famalicão

Famalicão: Jovem de 21 anos morre após despiste em França

Óbito

em

Foto: DR

Uma jovem, de 21 anos, natural de Ribeirão, Famalicão, perdeu a vida num despiste automóvel, em Pibrac, na região de Toulouse, em França.

A vítima terá sido projetada para fora do carro depois deste entrar em despiste numa estrada local, de acordo com o jornal La Depeche.

O veículo, conduzido por um irmão da vítima mortal, ter-se-á despistado antes de entrar a ponte sobre o rio Aussonnelle.

Os bombeiros foram alertados por volta das 16:30 de sábado. Em França, a jovem morava em Plaisance-du-Touch.

O irmão da vítima, também ele com cerca de 20 anos, sofreu ferimentos na sequência do sinistro, não correndo perigo de vida.

Continuar a ler

Famalicão

Motard em estado grave após colisão em Famalicão

Gavião

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um motociclista, com cerca de 40 anos, sofreu ferimentos considerados “graves” na sequência de uma colisão entre a mota de cilindrada pesada que conduzia contra uma viatura ligeira, ao início da noite deste sábado, em Gavião, concelho de Famalicão, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

O alerta foi dado às 19:05 horas, para um acidente a envolver um motociclo pesado na Avenida Santiago de Gavião, naquela freguesia.

No local estiveram os Bombeiros Famalicenses, com uma viatura e três bombeiros, acompanhados pela VMER de Famalicão.

A vítima, que não corre perigo de vida, foi transportada para o Hospital de Braga.

A GNR registou a ocorrência.

(notícia atualizada às 21h13)

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares