Seguir o O MINHO

Futebol

António Salvador e Pinto da Costa “unidos” pela Taça da Liga

Jantar de gala da Taça da Liga

em

Foto: Divulgação / Liga Portugal

Nem sempre o relacionamento entre António Salvador (SC Braga) e Jorge Nuno Pinto da Costa (FC Porto) foi um mar de rosas.

Mas, ao longo do último ano, foram já duas as vezes que dois dos três presidentes mais antigos da I Liga (a par de Carlos Pereira, no Marítimo) se encontraram ao redor de uma mesa.

A um dia de ser conhecido o próximo Campeão de Inverno, a tribuna presidencial do Estádio Municipal de Braga engalanou-se para receber o jantar oficial da final da Taça da Liga (Allianz Cup).

O evento juntou Salvador e Pinto da Costa, representantes dos clubes que atingiram a final, com o presidente da Liga Portugal, Pedro Proença.

Também presentes estiveram o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, e José Francisco Neves, membro do comité executivo da Allianz.

Destaque, ainda, para as presenças de Manuel Machado, presidente da AF Braga, e de José Lourenço Pinto, presidente da AF Porto.

Anúncio

Futebol

Ex-árbitro da I Liga reforça estrutura do Vitória SC

Jorge Ferreira

em

Foto: dolhonarbitragem.blogspot.com / DR

O ex-árbitro Jorge Ferreira da Associação de Futebol de Braga irá assumir funções como assessor para assuntos de arbitragem no Vitória SC, anunciou, esta sexta-feira, o jornal O JOGO.

Segundo este jornal, Jorge Ferreira irá exercer a função de consultor e formador de dirigentes e elementos do plantel.

O antigo árbitro não é estranho a este tipo de tarefas, já que, em 2018 realizou um papel semelhante na estrutura do Leixões SC que na altura o apontou para desempenhar o papel de conselheiro da SAD leixonense nas questões relacionadas com a arbitragem.

 

Continuar a ler

Futebol

Vitória quer regressar aos triunfos (e tem um ‘recado’ para o país)

I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O Vitória SC quer regressar hoje às vitórias na I Liga portuguesa de futebol, no jogo inaugural da 22.ª jornada, marcado para as 20:30, frente ao Desportivo das Aves.

Vitória, oitavo, com 28, perdeu na jornada passada na receção ao FC Porto, por 2-1, num encontro marcado pelo abandono do relvado de Marega, na sequência de insultos racistas.

A jogar em casa, o Desportivo das Aves, 18.º e último classificado, com 13 pontos, procura voltar aos triunfos, depois de dois jogos sem vencer.

O Vitória SC pode subir provisoriamente ao sétimo lugar, caso vença o encontro, enquanto os avenses deixam a última posição se somarem os três pontos.

O jogo será o primeiro depois do polémico caso com Marega. Durante a última semana, foram várias as vozes vitorianas que se levantaram contra as acusações de racismo.

Nos últimos dois dias, a cidade acordou com tarjas colocadas por adeptos do clube onde é sublinhado que não se tratou de um caso racista, mas sim de bairrismo.

“É algo que este país não percebe”, disse um dos elementos da claque White Angels, a O MINHO.

O mesmo adepto apoia-se nas palavras de várias glórias, de ascendência africana, que negam a existência de racismo por entre adeptos ou clube.

Todavia, são já várias as entidades que avançaram com queixas, existindo já inquéritos do Ministério Público em curso.

Programa da 22.ª jornada:

– Sexta-feira, 21 fevereiro:

Desportivo das Aves – Vitória SC, 20:30

– Sábado, 22 fevereiro:

Tondela – Rio Ave, 18:00

Belenenses SAD – Marítimo, 20:30

– Domingo, 23 fevereiro:

Paços de Ferreira – Famalicão, 15:00

Moreirense – Santa Clara, 15:00

Sporting – Boavista, 17:30

SC Braga – Vitória de Setúbal, 20:00

FC Porto – Portimonense, 20:30

– Segunda-feira, 24 fevereiro:

Gil Vicente – Benfica, 19:30.

Continuar a ler

Futebol

“Os adeptos do Vitória não são racistas”, diz Tapsoba

“Foi uma incompreensão”

em

Foto: DR

O ex-jogador do Vitória SC, Tapsoba, saiu em defesa dos adeptos vimaranenses depois do episódio de racismo com Marega referindo que estes “não são racistas.”

Atualmente no Bayer Leverkusen, da Alemanha, o defesa central do Burkquina Faso defrontou Marega no jogo contra o FC Porto da última quinta-feira.

Nas entrevistas após o jogo, Tapsoba, mostrou compreensão por ambas as partes afirmando que tudo não passou de um problema de “incompreensão”.

“Os adeptos do Vitória não são racistas. Foi uma incompreensão. O Marega jogou lá. As pessoas fazem tudo para ganhar. Procuram desequilibrar os adversários. Mas, eu não acredito que os adeptos do Vitória sejam racistas. Não falei disso com o Marega no jogo. Mas foi muito feio para o futebol. É importante dizer não ao racismo”, concluiu”.

Continuar a ler

Populares