Seguir o O MINHO

Alto Minho

Alto Minho tem 916 casos ativos e regista mais cinco mortes desde quarta-feira

Maior subida em Arcos de Valdevez

em

Arcos de Valdevez. Foto: DR / Arquivo

Os casos ativos no Alto Minho voltaram a descer entre a passada quarta-feira e esta segunda-feira e são, agora, 916, menos 29, segundo o boletim da Unidade de Saúde Local do Alto Minho (ULSAM), atualizado às 17:00 de segunda-feira.

Os casos ativos aumentaram em Arcos de Valdevez, onde a subida foi mais acentuada, Melgaço, Ponte da Barca, Valença e Cerveira, descendo nos restantes municípios.

O distrito de Viana do Castelo soma, desde o início da pandemia, 6.688 casos, mais 234 nestes cinco dias.

Contam-se ainda 5.620 recuperados, mais 258 em relação a quarta-feira.

Há a lamentar 152 óbitos, mais cinco. Dois em Viana (total de 41 óbitos), um em Ponte de Lima (25), outro em Monção (20) e mais um em Ponte da Barca (7).

Viana do Castelo tem agora 337 casos ativos (- 22), Caminha 68 (- 21), Monção 66 ( – 19), Arcos de Valdevez 72 (+ 21), Paredes de Coura 14 (- 2), Ponte da Barca 128 (+ 4), Ponte de Lima 151 (- 6), Cerveira 23 (+2), Melgaço 18 (+ 4) e Valença 39 (+ 8).

Populares