Seguir o O MINHO

Ave

Vizela oferece vacinação e identificação eletrónica de animais de companhia

“Vizela ProAnimal”

em

Foto: Divulgação

A Câmara de Vizela vai oferecer, durante seis meses, a vacinação antirrábica e a identificação eletrónica de animais de companhia, disse, esta segunda-feira à Lusa, o presidente da autarquia.

Segundo Vítor Hugo Salgado, a medida já está em vigor e enquadra-se no programa “Vizela ProAnimal”, dando resposta ao novo quadro legal que obriga, nomeadamente, à identificação dos cães até um ano de idade e dos gatos até aos três anos.

O autarca espera que este incentivo dirigido às famílias do concelho contribua para que um maior número de animais de companhia possa ser identificado, de acordo com o quadro legal, incluindo dos animais errantes.

Nesse sentido, acentuou, a autarquia vai promover uma campanha de sensibilização nos órgãos de comunicação social locais.

Para tornar a medida mais eficaz, uma viatura da autarquia, devidamente preparada para a vacinação e colocação do dispositivo eletrónico nos cães e gatos, vai estar em vários pontos das diferentes freguesias, uma vez por mês. Na área da cidade estará uma vez por semana, referiu.

Vítor Hugo Salgado recorda, por outro lado, que, neste mandato, várias medidas têm sido tomadas pelo seu executivo na área do tratamento aos animais errantes, nomeadamente a aquisição de uma viatura para a emergência animal, além das campanhas de adoção e vacinação, entre outras que pretendem colocar Vizela como uma referência nacional neste domínio.

A construção no concelho de Vizela de um equipamento para cães e gatos, já em curso, no valor de 260 mil euros, mais IVA, é, sinalizou o presidente da câmara, uma das “ações mais relevantes”, esperando-se que a obra esteja concluída em julho.

Anúncio

Ave

Data do feriado municipal de Vizela vai a referendo

Validado pelo Tribunal Constitucional

em

Foto: DR / Arquivo

O Tribunal Constitucional aprovou a proposta dos órgãos autárquicos de Vizela para a realização de um referendo à data do feriado municipal, informou, esta segunda-feira, fonte da câmara.

Segundo um comunicado daquele município, caberá agora à autarquia fixar a data do referendo, apontando-se o final de março ou princípio de abril como o período provável.

Os munícipes de Vizela vão responder à questão: “Concorda em manter a data do feriado municipal de Vizela no dia 19 de março em vez de a alterar para o dia 11 de julho?”.

Vizela tem atualmente o seu feriado municipal a 19 de março, data que assinala a criação do concelho, que ocorreu há 16 anos.

Há, contudo, quem defenda no concelho que o feriado coincida com o 11 de julho, dia de S. Bento das Peras, Padroeiro de Vizela.

A realização do referendo, assinala-se no comunicado, é uma promessa eleitoral de Vítor Hugo Salgado, atual presidente da Câmara de Vizela, que cumpre o seu primeiro mandato.

Continuar a ler

Ave

Mulher morre atropelada em Famalicão

Vale de S. Cosme

em

Foto: DR / Arquivo

Uma mulher com cerca de 50 anos morreu hoje atropelada por um automóvel em S. Cosme, Vila Nova de Famalicão, disse fonte dos bombeiros.

Segundo a fonte, a mulher iria entrar na sua viatura e terá sido colhida por uma outra que no momento estava envolvida num acidente de viação.

O alerta foi dado pelas 14:15 e o óbito foi declarado no local.

Para o socorro, foram mobilizados os Bombeiros Voluntários Famalicenses e uma viatura médica de emergência e reanimação.

A GNR tomou conta da ocorrência.

Continuar a ler

Ave

Rixa com disparos no centro de Famalicão acaba com mulher detida

Em duas artérias

em

Foto: DR / Arquivo

Uma mulher foi detida, na manhã de sábado, no centro de Famalicão, por condução sob efeito de álcool, na sequência de uma intervenção da PSP por alegada rixa. O caso deu-se em duas artérias da cidade – Praça D. Maria II e Rua Capitão Manuel Carvalho.

Segundo a PSP, aquela polícia foi alertada para uma rixa entre vários indivíduos, pelas 07:30, com disparos de arma de fogo. Aquando da chegada dos elementos policiais, os referidos indivíduos já se tinham posto em fuga numa viatura que foi identificada pelos agentes.

Após diligências, os agentes intercetaram  cinco indivíduos, duas mulheres e três homens, com idades compreendidas entre os 21 e 43 anos, suspeitos dos factos mencionados.

“No decorrer da intervenção policial, não lhes foram encontrados indícios do uso de armas de fogo, contudo na sequência da fiscalização efetuada, foram pelos próprios confirmados os desacatos, negando utilização de armas de fogo”, refere a PSP em nota enviada a O MINHO.

De seguida, foi efetuado o teste alcoolémia à condutora do veículo, tendo apresentado uma TAS de 1,63 gramas por litro no sangue, motivo pelo qual foi a mesma detida e notificada para comparecer nos Serviços do Ministério Público do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

Continuar a ler

Populares