Seguir o O MINHO

Guerra na Ucrânia

Ucrânia saúda “posição lúcida” da NATO sobre a Rússia

Guerra

em

Foto: DR / Arquivo

A Ucrânia saudou hoje a “posição lúcida” da NATO sobre a Rússia, designada de “ameaça direta” pela Aliança, e as suas “decisões essenciais” sobre o apoio a Kiev e o início do processo de adesão da Finlândia e Suécia.

“Hoje em Madrid a NATO provou que pode tomar decisões difíceis mas essenciais”, congratulou-se o chefe da diplomacia ucraniana, Dmytro Kuleba, na rede social Twitter.

Na mesma mensagem, Kuleba frisou a “posição lúcida” da organização sobre a Rússia e a sua “posição forte” sobre a Ucrânia, que “contribuirá para proteger a segurança e a estabilidade euro-atlânticas”.

A reunião, que decorre entre hoje e quinta-feira no Parque das Exposições, em Madrid, junta 44 chefes de Estado e de Governo — 30 deles membros da Aliança Atlântica, incluindo Portugal –, no maior número de delegações até agora registado numa cimeira da NATO, organização fundada em 1949.

Esta reunião na capital espanhola tem sido designada como “transformadora”, “crucial” ou “histórica” pelos dirigentes dos Estados-membros e da própria aliança militar, na sequência da invasão russa da Ucrânia, em 24 de fevereiro.

EM FOCO

Populares