Seguir o O MINHO

Guimarães

Trio ‘saca’ 5.000 euros de contas bancárias através de burla informática em Guimarães

Justiça

em

Foto: Ilustrativa / DR

Duas mulheres e um homem estão acusados dos crimes de acesso ilegítimo e burla informática por terem, através do serviço de homebanking, ‘sacado’ cinco mil euros de contas de dois clientes do Montepio Geral, em Guimarães.

Em nota publicada na sua página da internet, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto refere que, de acordo com a acusação, “arguido e arguidas acederam, em dezembro de 2015, aos dados necessários para o acesso e movimentação, através de homebanking, das contas bancárias de dois clientes do Montepio Geral, nomeadamente número de utilizador, palavra-passe e dados do cartão matriz”.

Na posse destes dados, o trio, no dia 24 de dezembro de 2015, acedeu às contas dos referidos clientes e movimentaram-nas, transferindo cinco mil euros para outra conta em nome de uma das arguidas.

“Posteriormente, esta arguida levantou da conta que titulava a quantia transferida, quantia que todos os arguidos fizeram sua”, aponta a acusação.

Populares