Seguir o O MINHO

Guimarães

Surto em lar de Guimarães com 27 infetados

Covid-19

em

Foto: DR

Há um surto de covid-19 no Centro Social de Guardizela, em Guimarães, com 27 infetados – 20 utentes e 7 colaboradores.


Segundo a rádio Cidade Hoje, que avança a notícia, o alerta foi dado após uma ida ao hospital de uma utente, na sequência de uma queda, tendo esta acusado positivo.

Foram então testados todos os utentes e colaboradores.

Fonte da direção avança àquela rádio que todos os doentes estão assintomáticos e que a instituição se encontra a funcionar dentro da normalidade possível, estando os infetados isolados numa das alas do edifício.

Anúncio

Guimarães

Fevereiro de 2021: Guimarães aponta conclusão de obra na rotunda de Silvares

Obras públicas

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

“Já está formado o túnel da obra de desnivelamento da rotunda de Silvares”. O anúncio foi feito hoje pela Câmara de Guimarães, através de um comunicado enviado às redações.

Na nota, a autarquia aponta a data de 2021 para a conclusão da obra num dos principais acessos à cidade para quem vem de lado Oeste do distrito.

Refere o documento que a intervenção, uma parceria entre as Infra-estruturas de Portugal e a autarquia, está a decorrer dentro dos prazos estabelecidos e vai constituir a primeira fase de ligação ao Avepark.

“Esta é uma obra muito necessária, que resolve o grande constrangimento de tráfego na entrada e na saída da cidade. A previsão é que esteja concluída durante o mês de fevereiro”, disse o presidente da Câmara Domingos Bragança, na visita que fez à obra.

Este desnivelamento da rotunda vai permitir uma ligação direta da A11 à variante de Creixomil e, assim, “facilitar a fluidez da circulação automóvel naquela zona”, assegura a Câmara.

Continuar a ler

Guimarães

Estaleiro de obra arde em Guimarães durante recolher obrigatório

No Alto da Bandeira

em

Foto: Facebook / BV Guimarães

Um incêndio deflagrou ao início da tarde deste domingo num contentor de um estaleiro de construção em Guimarães.

Ao que apurou O MINHO, o alerta foi dado cerca das 15:38 para uma obra na cidade, situada na zona do Alto da Bandeira.

Para o local foram mobilizados os Bombeiros de Guimarães com quatro operacionais e uma viatura.

O incêndio foi rapidamente extinto, desconhecendo-se ainda a origem.

A PSP registou a ocorrência e está a apurar as causas do sinistro.

Os bombeiros terminaram o serviço às 16:27.

Continuar a ler

Guimarães

23 reclusos e três funcionários infetados na cadeia de Guimarães

Covid-19

em

Foto: DR

O Estabelecimento Prisional de Guimarães tem 23 reclusos e três funcionários infetados com a doença covid-18, informou hoje a Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

Um recluso e um trabalhador queixaram-se “de sintomas compatíveis com a covid-19” na quinta-feira, confirmando-se a infeção no dia seguinte, levando à testagem de todos os detidos no sábado, com os resultados divulgados hoje a apresentarem um total de 23 casos entre reclusos, que se juntam aos três casos positivos entre funcionários, conhecidos em 31 de outubro, “que decorrem da vida privada das pessoas”, estando agendada uma nova testagem entre os trabalhadores para segunda-feira.

“Neste quadro e no âmbito do plano de contingência, a DGRSP determinou a afetação dos reclusos positivos, genericamente assintomáticos, a uma única ala, onde permanecerão em isolamento, separados da restante população prisional e sob vigilância e acompanhamento de pessoal clínico ”, explicou.

Também na cadeia de Lisboa, na sequência de um caso positivo de um trabalhador, a DGRSP, “em articulação com as autoridades de saúde pública e conforme os planos de contingência em vigor”, deu conta de seis casos em reclusos internados nos serviços clínicos e de 60 casos, entre os quais o de um trabalhador, nas alas H e C do estabelecimento, em testes recebidos na quinta-feira.

A testagem a todos os reclusos e uma nova ronda aos trabalhadores revelaram mais 16 detidos e seis funcionários com testes positivos até ao momento, “aguardando-se os restantes resultados”.

Encontram-se também “suspensas as atividades de formação escolar e profissional e de trabalho, bem como as visitas, com exceção das dos advogados”, com os reclusos a manterem “o direito legalmente consagrado a recreio a céu aberto e a telefonar”.

“A DGRSP, em articulação estreita com a saúde pública e seguindo os seus planos de contingência, está empenhada na contenção destes surtos, tendo em vista a salvaguarda da saúde dos reclusos e dos trabalhadores”, concluiu a nota.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.313.471 mortos resultantes de mais de 54 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.381 pessoas dos 217.301 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Continuar a ler

Populares