Seguir o O MINHO

Desporto

SC Braga com três medalhas na Liga Olímpica de Karaté

Hélio Hernandez conquistou o ouro

em

Foto: Divulgação / SC Braga

A equipa de karaté do SC Braga conquistou três medalhas, umas das quais de ouro, durante a primeira jornada da Liga Olímpica de Karaté, que decorreu no domingo, na Póvoa de Varzim.


Hélio Hernandez venceu o ouro e conquistou a pontuação máxima nesta jornada. Já Tânia Barros esteve sempre bem durante a final, mas acabou por sofrer uma reviravolta e não alcançou o ouro por um ponto. Beatriz Ferreira conquistou o bronze depois de ter perdido o acesso à final com a vencedora dessa prova.

Guilherme Gonçalves terminou em quarto e em prova estiveram os atletas João Mendes, Afonso Sousa, Mariana Silva, Liliana Abreu, Tiago Antunes, João Xavier que deixaram boas indicações para provas futuras.

Estiveram ainda em representação do clube os treinadores Elisabete Silva, Ilídio Barros e Nuno Barata, que lideram os atletas durante os combates.

Anúncio

Futebol

Fernando Santos igualou 74 jogos de Luiz Felipe Scolari

Seleção nacional

em

Foto: Twitter

Fernando Santos igualou hoje o brasileiro Luiz Felipe Scolari na liderança do ‘ranking’ de selecionadores portugueses de futebol com mais jogos, ao cumprir o 74.º face à Espanha, num particular que terminou empatado a zero, em Alvalade.

Quase seis anos após a estreia, a perder, num particular em França (1-2), em 11 de outubro de 2014, o técnico luso, que completa 66 anos no sábado, juntou-se ao técnico que orientou a seleção entre 12 de fevereiro de 2003 e 19 de junho de 2008.

Nos mesmos 74 encontros, Fernando Santos conta mais quatro vitórias (46 contra 42) do que o técnico ‘canarinho’, somando menos um empate (17 contra 18) e três derrotas (11 contra 14).

Em matéria de golos, o atual selecionador luso também já lidera o ‘ranking’, uma vez que, no seu ‘reinado’, Portugal marcou 147 golos, contra os 144 da ‘era’ Scolari, liderando também o ‘mano a mano’ com o brasileiro nos tentos sofridos (54 contra 62).

O treinador que passou por Benfica, FC Porto e Sporting antes de chegar à seleção lusa ‘domina’ o brasileiro em quase todos os dados ‘numéricos’, sendo que o mais significativo é, sem dúvida, o dos títulos: nesse aspeto, é um ‘expressivo’ 2-0.

Como Fernando Santos, Portugal conseguiu os primeiros ‘canecos’ em quase 100 anos de história, com o triunfo no campeonato da Europa de 2016, em França, e na edição inaugural da Liga das Nações, cuja fase final decorreu em solo luso, em 2019.

Ainda assim, Scolari também fez história, ao ser o primeiro a conduzir Portugal à final de uma grande competição, o Europeu de 2004, para sofrer a maior desilusão de sempre, com o desaire por 1-0 face à Grécia, em pleno Estádio da Luz.

Em Mundiais, o treinador brasileiro, atualmente com 71 anos, fez mesmo melhor do que o atual selecionador, ao levar a seleção lusa às meias-finais da edição 2006, realizada na Alemanha.

O conjunto comandado por Scolari, que chegou a essa competição como detentor do título, depois de conseguir o penta para o Brasil em 2002, apenas caiu nas meias-finais, face à França (0-1), depois de mais um penálti de Zinedine Zidane – em 2000 foi nas ‘meias’.

Por seu lado, Fernando Santos não conseguiu melhor do que atingir os oitavos de final, em 2018, ao perder por 2-1 com o Uruguai, culpa de Edinson Cavani, o avançado que o Benfica tentou, sem sucesso, contratar para a época 2020/21.

Scolari chegou à seleção após o fracasso de António Oliveira no Mundial de 2002, no qual Portugal, com a sua ‘geração de ouro’, foi afastado na fase de grupos, e saiu, já com contrato assinado com o Chelsea, após ‘tombar’ face à Alemanha (2-3) nos ‘quartos’ do Europeu de 2008. Seguiu-se a segunda ‘era’ Carlos Queiroz.

Quanto a Fernando Santos, sucedeu a Paulo Bento, que sucumbiu a uma derrota caseira face à Albânia (0-1) a abrir o apuramento para o Euro2016, depois de já não ter ultrapassado a fase de grupos do Mundial de 2014, realizado no Brasil.

Depois de igualar os 74 jogos se Scolari, face à Espanha, o atual responsável máximo pela formação das ‘quinas’ vai isolar-se no ‘ranking’, com 75, no domingo, face à França, em Saint-Denis, onde selou o título europeu, agora num jogo para a Liga das Nações.

No que respeita apenas a jogos oficiais, os números de Fernando Santos são ainda mais impactantes: em 49 jogos, mais seis do que Scolari, soma mais nove vitórias (34/25), mais um empate (12/11), menos quatro derrotas (3/7), mais 23 golos marcados (104/81) e mais um sofrido (33/32).

Continuar a ler

Futebol

Portugal-Espanha: Aplausos e gritos de incentivo dos 2.500 adeptos em ‘nulo’

Covid-19

em

Vários aplausos e gritos de incentivo dos 2.500 espetadores presentes hoje no Estádio José Alvalade destacaram-se no ‘nulo’ entre Portugal e Espanha, no segundo teste no futebol profissional com vista ao regresso gradual dos adeptos aos estádios.

Depois do primeiro ensaio no jogo entre Santa Clara e Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga, disputado no sábado, nos Açores, que contou com a presença de 873 pessoas, o Estádio de Sporting, em Lisboa, voltou a ter adeptos nas bancadas, mas apenas 5% da lotação.

Apesar de não ter existido um apoio constante do princípio ao fim no encontro particular, a presença do público fez-se notar em alguns momentos, com o primeiro grito ‘Portugal, Portugal’ a acontecer aos sete minutos, seguindo-se outras tantas vozes de incentivo e aplausos, que se mantiveram na segunda parte.

A entrada dos adeptos no recinto teve início pelas 18:00 e apenas a bancada inferior foi aberta, sendo que todos já estavam devidamente identificados, tendo sido ainda sujeitos ao controlo da temperatura à chegada.

Os espetadores, que adquiriram os ingressos via online, sentaram-se nos respetivos lugares respeitando o distanciamento físico e o uso obrigatório e permanente de máscara durante a partida.

Em 14 de outubro, um novo teste irá decorrer também no recinto do Sporting, com o aumento para 10% da capacidade, equivalente a quase 5.000 pessoas, no embate da equipa das ‘quinas’ frente à Suécia, relativo à Liga A da Liga das Nações.

Continuar a ler

Futebol

Portugal empata com Espanha em jogo particular

Futebol

em

Foto: DR

A seleção portuguesa de futebol empatou hoje a zero na receção à sua congénere de Espanha, num particular disputado com presença limitada de público, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

O 40.º embate entre as duas equipas teve oportunidades de golo para os dois conjuntos, sendo que, na segunda metade, Portugal acertou duas vezes na barra, por Cristiano Ronaldo e Renato Sanches.

Portugal defronta no domingo a França, em Saint-Denis, em encontro da terceira jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, e, em 14 de outubro, na quarta ronda, recebe a Suécia, novamente em Alvalade.

Continuar a ler

Populares