Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Queimadas descontroladas provocam pequenos incêndios no concelho de Viana

em

Foto: DR/Arquivo

Algumas queimadas descontroladas provocaram, esta sexta-feira, vários focos de incêndio no concelho de Viana do Castelo, avança a rádio GEICE.

Fonte dos bombeiros voluntários locais disse, à rádio de Viana do Castelo, que “já tiveram de acudir a um incêndio na Encosta das Mimosas, junto ao Monte de Santa Luzia, e também na freguesia de Deocriste”, sendo que, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), foram ativados meios de combate para sete incêndios, naquele concelho do Alto Minho, o último das quais em Meixedo.

Esta manhã, em Ponte de Lima, um homem que estava a limpar um terreno provocou um curto-circuito e algumas faíscas e cortou a corrente elétrica que fornece várias freguesias quando procedia ao abate de uma árvore, em Rebordões Santa Maria.

Foto: DR

O Fisco está a avisar os contribuintes de que têm até 15 de março para limpar o mato e cortar árvores nas proximidades de casas e aldeias, podendo vir a ser multados se não o fizerem.

Em comunicado, o Fisco afirma que até 15 de março “é obrigatório” limpar o mato e cortar árvores 50 metros à volta das casas, armazéns, oficinas, fábricas ou estaleiros e 100 metros nos terrenos à volta das aldeias, parques de campismo, parques industriais, plataformas de logística e aterros sanitários.

“Se não o fizer até 15 de março, pode ser sujeito a processo de contraordenação. As coimas podem variar entre 140 a 5000 euros, no caso de pessoa singular, e de 1500 a 60 mil euros, no caso de pessoas coletivas. E este ano são a dobrar”, lê-se na nota.

 

 

EM FOCO

Populares