Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

PS diz que “é o único” com propostas para melhorar Viana e lamenta campanha “negativa”

Eleições autárquicas

em

Foto: Divulgação / PS

O candidato do PS à Câmara de Viana do Castelo, Luís Nobre, afirmou hoje que a sua lista foi a única a apresentar propostas concretas para a melhoria da vida dos vianenses e criticou o que considera ter sido “a campanha eleitoral mais negativa a que o concelho já assistiu”.

“Foram meses de preparação deste programa, semanas de pré-campanha e 15 dias de campanha eleitoral que nos permitiram tirar uma conclusão clara. Só há uma candidatura que apresenta uma proposta sustentada e objetiva para o futuro de Viana do Castelo. É a nossa”, afirmou esta sexta-feira Luís Nobre, citado em comunicado enviado a O MINHO.

Ao fazer um balanço do período de campanha para as eleições autárquicas de domingo, ao fim de uma viagem de comboio entre Barroselas e Viana do Castelo, num dia em que fecha com um comício no Largo das Neves, Luís Nobre considera que houve uma excessiva crítica destrutiva sobre o concelho nas últimas semanas.

“Pautamos a nossa atuação por perspetivar o futuro a partir do trabalho que nos conduziu ao que somos hoje e que orgulha todos. Mas o que vimos além disso foi uma coligação negativa que se formou na oposição para atacar o PS, o trabalho que fizemos e o orgulho que os vianenses têm no seu concelho, o que é de lamentar”, afirmou Luís Nobre.

No fecho da campanha eleitoral, Luís Nobre destacou o compromisso de cidadania da lista do PS, ao mandatar 48 cidadãos do concelho para acompanharem a concretização das 48 medidas prioritárias definidas para os 48 meses do próximo mandato autárquico.

“Fizemos campanha pela positiva, estabelecemos compromissos com as pessoas e não fizemos promessas em vão. Há muito trabalho feito em Viana do Castelo e sabemos que há muito também para fazer, mas sem ser necessário estar permanentemente a dizer mal gratuitamente. O que concluímos é que somos a única lista coesa, experiente e capaz de liderar o concelho na retoma económica do pós-pandemia, sem deixar ninguém para trás”, destacou Luís Nobre, que é também vereador na Câmara Municipal.

Daí o apelo aos eleitores no último dia de campanha: “Que vão votar no domingo, exercer esse direito. Isso é o mais importante. E depois pensem em quem dá garantias de continuar o desenvolvimento de Viana do Castelo, em quem tem respostas concretas e em curso, em quem tem trabalho feito e resultados para apresentar. Só pedimos isso”.

A construção de três unidades de saúde, a criação de cinco novas zonas empresariais e de um centro logístico para gerar mais de cinco mil empregos, a nova ponte sobre o rio Lima, a nova ligação da Autoestrada A28 ao Vale do Neiva e a candidatura do centro histórico a Património Mundial da UNESCO foram algumas “das 48 medidas concretas” que elencou, “em alguns casos com trabalho já em curso pelo município”.

Além de Luís Nobre (PS), concorrem nas eleições de domingo à presidência da Câmara de Viana do Castelo Eduardo Teixeira (PSD/CDS-PP), Cláudia Marinho (CDU), Jorge Teixeira (Bloco de Esquerda), Rui Martins (Aliança), Paula Veiga (Nós, Cidadãos!), Maurício Antunes da Silva (Iniciativa Liberal) e Cristina Miranda (Chega).

Populares