Redes Sociais

Esposende

Prozis: “Estamos a recrutar 30 pessoas por mês”

Fundador da Prozis esteve hoje na inauguração do novo centro tecnológico de Investigação e Desenvolvimento (I&D) da empresa, na Maia.

 a

Miguel Milhão na apresentação do novo Centro Tecnológico da Prozis, na Maia. Foto: Facebook de CM Maia (setembro, 2018)

O sempre reservado Miguel Milhão, fundador da Prozis, falou esta manhã a uma reportagem da Câmara Municipal da Maia, a propósito do investimento de 15 milhões de euros, para os próximos dois anos, feito pela sua empresa naquele concelho do distrito do Porto, e hoje apresentado publicamente no centro da cidade.

Entre outras coisas, o responsável pela marca líder europeia em alimentação e suplementação funcional, cuja empresa tem sede em Esposende, revelou estar a contratar cerca de 30 novos colaboradores por mês.

[/video]

Vídeo: Facebook de Câmara Municipal da Maia

“Nós estamos continuamente a recrutar, ou seja, nós neste momento penso que estamos a recrutar 30 pessoas por mês e devemos expandir agora”, disse.

No novo centro tecnológico de Investigação e Desenvolvimento (I&D), na Maia, junto à TECMAIA, a Prozis prevê criar 1.500 novos postos de trabalho, a maioria dos quais nas áreas de programação e sistemas informáticos, sendo que, desses, 300 já têm processo de recrutamento aberto.

A empresa, fundada em 2007, conta atualmente com mais de 800 mil clientes, espalhados por mais de 100 países. Em 2016, facturou 60 milhões de euros.

Os interessados em trabalhar na Prozis podem consultar as oportunidades existentes e apresentar candidaturas espontâneas, online, em https://prozis.breezy.hr/.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Esposende

Idoso de 80 anos desaparecido em Esposende

Familiares lançaram apelo nas redes sociais.

Publicado

 a

Foto: Facebook

Um homem de 80 anos está dado como desaparecido, na freguesia de Belinho, em Esposende.

O idoso, que sofre da doença de Parkinson, não é visto desde a manhã deste sábado.

Nas redes sociais, a família partilhou um número de contacto (966068677) para quem possa ter possíveis pistas que levem a encontrar o octogenário.

“Este senhor desapareceu hoje de manhã na zona de Belinho.
Está desorientado e pode não se lembrar quem é.
É conhecido por Eduardo das órfãs, se alguém souber de alguma coisa ou o vir por favor ligar para este número 966068677.

Muito obrigada
Partilhem se puderem”, lê-se.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Esposende

Bombeiros Voluntários de Fão recebem garrafas de água

Solidariedade.

Publicado

 a

Foto: DR

O projeto “Vamos dar Água aos Bombeiros 2018” distribuiu agora garrafas de águas aos Bombeiros Voluntários de Fão.

Acompanhou a entrega Ricardo Miranda, da “Ricardo Agency”, membro do grupo, com Henrique Faria, Domingos Carvalho e ainda Duarte Prestes (fundador e administrador do grupo de facebook “Moina na Estrada”), no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Fão.

A iniciativa, que está a decorrer já pelo quarto ano consecutivo, visa ajudar cerca de 25 corporações, dos distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto.

Continuar a ler

Esposende

Esposende investe na beneficiação da iluminação pública da Marginal

Publicado

 a

Foto: Divulgação

O Município de Esposende está a proceder à beneficiação da rede de iluminação pública na Av. Eng. Eduardo Arantes de Oliveira, a denominada Av. Marginal de Esposende.

Esta intervenção corresponde a um investimento na ordem dos 11 mil euros e traduz-se na substituição dos pontos de luz danificados, visando garantir melhores condições de segurança e comodidade aos utilizadores desta via, e, por conseguinte, a melhoria da qualidade de vida das populações.

De acordo com um comunicado enviado pela câmara “Trata-se de uma das portas de entrada da cidade e sendo a zona ribeirinha um espaço privilegiado para a prática desportiva e para atividades de lazer, importa assegurar as necessárias condições a quem usufrui desta zona”.

Os pontos de luz danificados serão substituídos por luminárias de tecnologia LED, que é mais eficiente e garante maior autonomia energética e durabilidade.

Esta medida, integrada no Plano de Gestão Sustentada da Energia, tem permitido a redução da pegada carbónica, ou seja, a diminuição da quantidade de CO2 libertado para a atmosfera contribuindo-se, dessa forma, para a minimização das alterações climáticas.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Populares