Seguir o O MINHO

Ave

Professora de Famalicão vence menção honrosa entre os melhores do país

Global Teacher Prize Award

em

Foto: Divulgação / CM Famalicão

Ana Mendes, professora no Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, em Famalicão, venceu hoje uma menção honrosa no prémio Global Teacher Prize Portugal 2020, pela “sustentabilidade social” patente nas suas aulas.

A docente, com 26 anos de serviço educativo, tem a seu cargo as disciplinas de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) e também Educação Ambiental, esta última aplicada a alunos com necessidades especiais.

Em entrevista ao portal Educris, Ana Mendes explica que se fez professora de EMRC depois de ter passado boas experiências com professoras, tanto no ensino primário como no secundário.

Ensinar é uma “missão” para a docente, que quer “ajudar os alunos a refletir sobre o mundo que os rodeia”, sem esquecer o “dado ético-moral com pano de fundo”, de forma a ajudar a formar “cidadãos mais comprometidos com a sociedade e mais fraternos”.

O prémio que agora recebe deve-se ao projeto desenvolvido junto de alunos com necessidades especiais, no agrupamento de escolas de Famalicão.

“Estava na escola e fui-me fazendo próxima das necessidades da comunidade educativa. A Educação ambiental surgiu através do projeto Eco-Escola numa altura em que a própria autarquia permitiu muita formação na área da agricultura biológica, cultura do linho ou a poda”, explicou ao portal Educris.

“Convidámos os pais e os avós a virem à escola para apresentarem o seu conhecimento acerca dos temas e trabalhamos, com os alunos em projetos para que possam ser protagonistas da sua própria aprendizagem. Quando o aluno realiza, quando faz, nunca mais esquece”, assegurou à mesma fonte.

Embora não tenha vencido o principal prémio, Ana Mendes traz reconhecimento deste concurso, que motivou até elogios por parte do presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha: “É uma nomeação que enche Famalicão de orgulho e que demonstra o quão inspiradores são os nossos professores”, escreveu o autarca no Facebook.

O Global Teacher Prize Portugal contou com seis finalistas que concorreram a um prémio de 30 mil euros. Consiste em premiar professores “inovadores” e o dinheiro é para aplicar em “projetos pedagógicos”.

A vencedora da edição deste ano foi Sónia Moreira, de Gaia.

Populares