Seguir o O MINHO

Braga

Prisão efetiva para cinco examinadores de condução de centro de exames de Vila Verde

Caso com 47 condenados, envolveu escolas de Vila Verde, Barcelos, Ponte de Lima, Vizela e Guimarães. Tribunal da Relação reduziu as penas a três deles

em

Penas de prisão efetiva confirmadas pelo Tribunal da Relação de Guimarães. Os juízes decretaram-na, para cinco ex-examinadores do centro de exames da ANIECA- Associação Nacional dos Industriais de Condução, que existia em Vila Verde. Por corrupção nos exames, teóricos e práticos, para obtenção de cartas de condução.

ANIECA. Foto: O MINHO / Arquivo

Em princípio, apenas o examinador, Joaquim Oliveira, pode recorrer para o Supremo Tribunal de Justiça, dado que a sua pena é de oito anos. Aos outros, aplica-se o princípio da dupla conforme, ou seja, o de que a decisão se torna definitiva quando é aplicada duas vezes.

Aquele Tribunal da Relação diminuiu as penas a Joaquim Oliveira, de dez para oito anos, a José Miguel Mota, de seis para cinco anos e seis meses, e a João Abreu, de sete para cinco anos e seis meses.

Os juízes mantiveram as penas a 25 outros condenados em primeira instância no Judicial de Braga, não alterando as de prisão efetiva, dos examinadores, João Ribeiro, (quatro anos e três meses) e João Cancela (quatro e nove meses).

Estes cinco arguidos ficam, ainda, obrigados a entregar ao Estado um total de 730 mil euros.

47 condenados

Em 2018, o Tribunal condenou, ao todo, 47 arguidos, 42 com penas suspensas,entre examinadores, donos de escolas de condução, instrutores e alunos. Estes arguidos ficaram obrigados a entregar quantias em dinheiro – de cinco a mil euros – a diversas instituições sociais.

O Coletivo de Juízes sentenciou, ainda, um agente da GNR, que apanhou dois anos e meio por alegadamente ter pedido favores para três alunos. Houve, ainda, dois arguidos absolvidos.

O tribunal considerou provado que os alunos eram auxiliados pelos examinadores, a troco de quantias monetárias que, em média, variavam de 1.000 a 1.500 euros, no caso dos exames teóricos, e de 100 a 150 euros nos práticos.

Mas havia quem pagasse mais, como foi o caso do futebolista Fábio Coentrão, que desembolsou 4.000 euros, tal como o próprio testemunhou em tribunal. O caso envolveu escolas de Vila Verde, Barcelos, Ponte de Lima, Vizela e Guimarães, sendo que os factos decorreram entre 2008 e 2013.

Anúncio

Braga

Braga: Conhecido o vencedor do concurso de fotografia sobre o Bom Jesus

Mais de 50 inscritos

em

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Braga anunciou, esta terça-feira, que Carlos Júlio da Costa Teixeira foi o grande vencedor do XVI Concurso Municipal de Fotografia, que teve como tema “O Bom Jesus do Monte – Património Mundial da Humanidade”.

O júri decidiu, também, atribuir Menções Honrosas aos concorrentes Marcelo Gonçalves Marques e José Gomes Peixoto.

Da mesma forma, foi atribuído o Prémio Especial do Júri ao concorrente João Manuel Morais Vilares, considerando que a foto distinguida revelava singularidade e sentido estético estimulando a observação. O júri, também por unanimidade, decidiu renovar o voto de reconhecimento e louvor à participação no concurso dos utentes do Centro D. João Novais e Sousa, instituição que acolhe e apoia Pessoas com deficiência mental e cuja participação vem conferindo a esta iniciativa uma verdadeira dimensão social, genuinamente inclusiva.

Esta edição do concurso de fotografia decorreu nos dias 13 a 15 de dezembro. A habitual exposição pública decorrerá na Fonte do Ídolo. Os trabalhos estarão patentes entre os dias 20 de fevereiro e 20 de março.

A XVI Edição do Concurso Municipal de Fotografia (2019) teve como tema “O Bom Jesus do Monte – Património Mundial da Humanidade”, na perspectiva da captação de imagens alusivas ao monumental conjunto arquitectónico, escultórico, natural e paisagístico que compõem o Santuário do Bom Jesus do Monte, com a sua grandiosidade, a sua diversidade cultural e a sua longa e complexa história. Simultaneamente, convidou à imaginação e ao olhar peculiar dos concorrentes a retratar a integridade, a autenticidade, as particularidades únicas e o valor universal excepcional que consagra o Bom Jesus do Monte como património de toda a humanidade.

O júri do concurso integrou como membros o representante da Associação “Encontros de Imagem”, Carlos Fontes, o Fotógrafo Profissional Hugo Delgado e o Vereador do Pelouro da Regeneração Urbana e Património Cultural, Miguel Bandeira.

Desenvolvido pelo Município de Braga, esta iniciativa visou essencialmente reconhecer e homenagear a atribuição da classificação do Santuário do Bom Jesus do Monte como Património Cultural Mundial da UNESCO.

Continuar a ler

Braga

Apanhado a furtar gasóleo de camião em Braga

Em Esporões

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, de 43 anos, foi detido em flagrante delito pela GNR quando furtava gasóleo de um veículo pesado, em Esporões, Braga.

Em comunicado enviado a O MINHO, a GNR dá conta da detenção, ocorrida na segunda-feira, depois de um alerta dado pela empresa de segurança responsável por aquele parque, “aquando da ativação do alarme de intrusão”.

Os militares deslocaram-se ao local e apanharam o indivíduo em flagrante delito, quando este se preparava para retirar o gasóleo do depósito de um veículo pesado de mercadorias, recorrendo a uma mangueira.

“No seguimento das diligências policiais foram apreendidos os recipientes e a mangueira utilizados para furtar o combustível”, informa a GNR.

O indivíduo, que está referenciado como consumidor de estupefacientes, foi constituído arguido e os factos participados ao Tribunal Judicial de Braga.

Continuar a ler

Braga

Feira do Fumeiro de Vieira do Minho transmitida na RTP

“Aqui Portugal”

em

Foto: DR / Arquivo

A 14.ª edição da Feira do Fumeiro de Vieira do Minho vai ser transmitida em direto no programa “Aqui Portugal”, da RTP, anunciou esta terça-feira a autarquia.

Entre as 11:00 e as 20:00 do próximo sábado, os apresentadores Joana Teles, Hélder Reis e Catarina Camacho estarão naquela feira vieirense para “fazer uma viagem pela história, cultura, turismo, património, artesanato, gastronomia, entre outros” de Vieira do Minho.

Para além da participação de vários artistas vindos de todo o país, está reservada a atuação de alguns grupos locais, refere a autarquia, em nota enviada à imprensa.

Ao longo do programa serão também divulgadas reportagens sobre Vieira do Minho e realizados diretos de exterior, onde serão divulgadas as várias vertentes do concelho e entrevistados vários convidados.

“A Feira do Fumeiro de Vieira do Minho promete, uma vez mais, ser um evento de excelência que irá reunir num só espaço os vários produtores locais, divulgando todas as potencialidades e o saber fazer deste concelho minhoto”, aponta a mesma nota.

Continuar a ler

Populares