Presidente de Junta em Braga infetado com covid-19: “Parece que me caiu o céu em cima”

Pandemia

Luís Pedroso, presidente da Junta de Maximinos, Sé e Cividade, na cidade de Braga, testou positivo para a covid-19.

A notícia foi avançada pela Rádio Universitária do Minho (RUM) e confirmada pelo próprio a O MINHO.

De acordo com o autarca, em declarações ao nosso jornal, começou a sentir uma ligeira febre na passada terça-feira, levando a que tomasse imediatamente medidas para realizar o teste ao novo coronavírus.

“Fui logo para casa quando percebi que tinha mais de 37 graus de febre, arranjei de fazer o teste ao final da tarde e na quarta-feira recebi o resultado positivo”, conta.

“Parece que me caiu o céu em cima”, admite, revelando não se lembrar como poderá ter sido infetado. “Como qualquer pessoa que é infetada, tentei fazer um backup dos últimos dias, mas vou ser muito sincero, falo com muitas pessoas todos os dias, por causa da função de autarca,  e como tal, não consigo identificar”.

Como consequência, os funcionários que se encontram na sede da Junta, em Maximinos, estão todos em quarentena, assim como a família que reside com Luís Pedroso.

Também o edifício da junta está encerrado, devendo ser desinfetado nos próximos dias, podendo reabrir já na próxima semana. Até lá, alguma urgência pode ser tratada na sede da Junta da Sé, onde existe uma funcionária e outro membro do executivo para receber os ‘fregueses’.

“Os autarcas também estão mais propícios ao contágio”

Luís Pedroso tem sido, desde o início da pandemia, um ávido impulsionador das medidas de segurança decretadas pela DGS, como o uso de máscara, desinfeção e evitar aglomerados.

“Acho que os autarcas, dada a proximidade com as populações, estão mais perto de poderem ser infetados. E nisto, como em tudo na vida, é preciso ter um pouco de sorte”, lamenta, desejando, no entanto, que “o azar seja só este”, uma vez que se encontra praticamente assintomático.

“Isto prova que temos de estar mesmo muito atentos porque, mesmo com todos os cuidados, corremos o risco do contágio”, sublinha.

Luís Pedroso, eleito como independente com o apoio da coligação Juntos por Braga (PSD/CDS/PPM), antevê um “setembro muito complicado”, face ao “aumento de casos” que se têm registado.

“Vamos ter um setembro complicado porque os casos estão a aumentar bastante. Vou ser muito sincero, às noticias que temos, os infetados são jovens, dos 20 aos 39, que parece que comem a covid, mas o problema é quando chega a bebés ou a idosos, nos lares, aí é que é complicado”, vinca.

O autarca vai manter-se em isolamento durante as próximas duas semanas, mas deixa um apelo para que a população “não facilite”. “Apelo a que se tente cumprir ao máximo as regras das DGS, sei que é chato andar com a máscara, mas essa faz a diferença”, destaca, pedindo ainda atenção para evitar o contacto das mãos com a boca ou nariz.

Braga com 190 casos ativos

Nos últimos dois dias, o concelho de Braga registou 27 novas infeções pelo novo coronavírus.

Estes dados, apurados por O MINHO junto de fonte local da saúde, foram atualizados às 18:00 de quarta-feira.

Durante o mesmo período, não houve novos casos de recuperações do SARS CoV-2, totalizando o concelho 1.353 casos recuperados desde o início da pandemia.

Em termos acumulados, são já 1.617 casos de pessoas infetadas com a doença.

Lamentam-se ainda 74 óbitos, número que permanece igual desde o passado dia 16 de junho.

Existem, atualmente, 190 casos ativos de covid-19 em todo o concelho de Braga, mais 27 do que na segunda-feira.

Há ainda 290 pessoas em isolamento sob vigilância da autoridade de saúde, menos 59.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Cadáver em estado de decomposição encontrado num apartamento em Braga

Próximo Artigo

Famalicão recebe centro tecnológico para investigação no setor das carnes

Artigos Relacionados
x