Seguir o O MINHO

Futebol

Portugal na final do Europeu de sub-19

Pela 13.ª vez, terceira consecutiva

em

Titulares contra a Arménia. Foto: DR / Arquivo

A seleção nacional de sub-19 apurou-se hoje para a final do Campeonato da Europa de futebol, depois de ter vencido o jogo das meias-finais, contra a Irlanda, por 4-0, em Erevan, na Arménia.

Os golos foram marcados por Vítor Ferreira (FC Porto), aos 31 minutos, de penálti, e Gonçalo Ramos (Benfica B), aos 45, 59 e 90+6 minutos.

Os comandos de Filipe Ramos, que perseguem o quinto título no escalão, venceram o Grupo A sem derrotas, ao baterem a Itália (3-0) e a anfitriã Arménia (4-0) e, pelo meio, empatarem com a Espanha (1-1).

O grande jogo está marcado para as 17:30 do próximo sábado. O adversário sairá do outro jogo das meias-finais, que opõe Espanha e França.

Daniel Silva (Vitória) e Samuel Costa (SC Braga). Fotos: YouTube de FPF

Daniel Silva (Vitória) e Samuel Costa (SC Braga) são os dois ‘minhotos’ entre os convocados.

Esta é a 13.ª vez que Portugal se apura para a final do Europeu de sub-19, a terceira consecutiva.

Em 29 de julho de 2018, Portugal, comandado por Hélio Sousa, conquistou o quarto título europeu no escalão, depois dos arrebatados em 1961, 1994 e 1999, ao derrotar a Itália na final, por 4-3, após prolongamento.

Portugal Campeão da Europa de sub-19 em jogo épico

O título alcançado em Seinajoki juntou-se aos três já somados pela equipa das ‘quinas’, o primeiro referente ao Torneio Internacional de Juniores e os outros dois na categoria de sub-18. Desde que, em 2002, a prova passou a ser de sub-19, Portugal perdeu as finais de 2003, 2014 e 2017.

O primeiro triunfo internacional foi selado com uma goleada frente à Polónia, por 4-0, em 08 de abril de 1961, com quatro golos de Serafim, no Estádio da Luz, em Lisboa, numa seleção comandada por David Sequerra e José Maria Pedroto.

Seguiu-se a conquista de 1991, em Espanha, orientada por Agostinho Oliveira, numa final decidida nas grandes penalidades (4-1, depois do empate 1-1 diante da Alemanha, na qual Rui Óscar empatou para a seleção lusa, aos 61 minutos, depois de Frank Gerster ter adiantado os germânicos, aos 34.

Oito anos depois, em 26 de julho de 1999, na Suécia, Portugal, novamente com Agostinho Oliveira como selecionador, impôs-se no jogo decisivo à Itália, por 1-0, graças a um golo do avançado João Paulo, aos 33 minutos, numa final em que a equipa das ‘quinas’ ficou em inferioridade numérica aos 63, com a expulsão, por acumulação de cartões amarelos, de Carlos Semedo.

Anúncio

Futebol

SC Braga: Espanhóis oferecem milhões por Palhinha

Mercado de transferências

em

Foto: Divulgação

O médio português João Palhinha, que está emprestado pelo Sporting ao SC Braga, poderá estar a caminho do Real Bétis, em Espanha, avançou, este sábado, a imprensa espanhola.

De acordo com o diário AS, o valor do negócio pode variar entre cinco e dez milhões de euros, com uma fatia desse dinheiro a ser entregue ao SC Braga.

O Braga não quer perder o atleta de 24 anos já em janeiro, como adiantou Sá Pinto, na sexta-feira, em conferência de antevisão da 13.ª jornada da Liga, frente ao Aves.

O mesmo jornal aponta Palhinha como a grande preferência da direção do clube de Andaluzia.

Continuar a ler

Futebol

Famalicão procura reforçar terceiro lugar, SC Braga ‘ataca’ quarto

13.ª jornada da I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O Famalicão vai procurar reforçar hoje o terceiro lugar na I Liga de futebol, na receção ao Tondela, 10.º classificado, em jogo da 13.ª jornada da prova.

A equipa minhota ocupa o terceiro lugar com 24 pontos, a sete do FC Porto, segundo, e com mais quatro do que o terceiro, o Sporting, e recebe um Tondela instalado a meio da tabela, com 15.

Um pouco mais abaixo, o Sporting Clube (SC) de Braga vai tentar somar a terceira vitória consecutiva para o campeonato e, deste modo, chegar ao quarto lugar da prova, ocupado pelo Sporting, que no domingo recebe o Moreirense.

A equipa ‘arsenalista’ ocupa presentemente o quinto lugar com 18 pontos, menos dois do que os ‘leões’, e desloca-se a casa do Desportivo das Aves, último classificado com apenas três pontos e que na jornada passada estreou Nuno Manta Santos no comando técnico, na derrota (3-2) em casa do Moreirense.

No outro encontro agendado para hoje, o Marítimo, que na jornada passada estreou o treinador José Gomes – derrota por 4-0 na Luz com o Benfica -, recebe o Santa Clara, numa partida em que os ‘verde rubros’ precisam de somar pontos para fugir aos lugares de baixo da tabela, ocupando neste momento o 16.º lugar com 11, frente a uma formação açoriana que conta mais dois pontos e é 13.º.

A ronda arrancou na sexta-feira com a goleada do campeão Benfica no terreno do Boavista, por 4-1, com golos de Carlos Vinicius, que ‘bisou’ e ultrapassou o companheiro de equipa Pizzi na lista de melhores marcadores do campeonato (10), Franco Cervi e Gabriel, enquanto Stojiljkovic assinou o tento ‘axadrezado’.

Os ‘encarnados’ somaram a 10.ª vitória na edição 2019/20 da I Liga – e Bruno Lage a 15.ª vitória em 15 jogos como visitante no campeonato, desde janeiro – e seguraram a liderança, com 36 pontos, mais cinco do que o FC Porto, que visita o Belenenses SAD, no domingo.

Resultados e programa da 13.ª jornada:

– Sexta-feira, 06 dez:

Boavista – Benfica, 1-4.

– Sábado, 07 dez:

Marítimo – Santa Clara, 15:00

Famalicão – Tondela, 18:00

Desportivo das Aves – Sporting de Braga, 20:30

– Domingo, 08 dez:

Vitória de Guimarães – Portimonense, 15:00

Paços de Ferreira – Vitória de Setúbal, 15:00

Sporting – Moreirense, 17:30

Belenenses – FC Porto, 20:00

– Segunda-feira, 09 dez:

Rio Ave – Gil Vicente, 20:15

Continuar a ler

Futebol

Benfica segura liderança da I Liga com goleada no terreno do Boavista

À 13.ª jornada

em

Foto: Twitter

O Benfica venceu hoje no terreno do Boavista, por 4-1, em jogo da 13.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e aumentou provisoriamente para cinco pontos a vantagem sobre o FC Porto, segundo classificado.

No Estádio do Bessa, no Porto, Carlos Vinicius deu vantagem aos ‘encarnados’, aos 34 minutos, o sérvio Stojiljkovic empatou para os ‘axadrezados’, aos 44, o argentino Franco Cervi voltou a adiantar os campeões nacionais, aos 52, a passe do avançado brasileiro, que chegaria aos 10 golos na competição, aos 62. O médio Gabriel fixou a goleada, aos 90+2.

Com este triunfo, o 10.º seguido, o Benfica segurou o primeiro lugar, com 36 pontos, mais cinco do que o FC Porto, que visita o Belenenses, no domingo, enquanto o Boavista permanece no quinto posto, com os mesmos 18 pontos do Sporting de Braga, que visita o Desportivo das Aves, no sábado.

Continuar a ler

Populares