Seguir o O MINHO

Desporto

Tóquio2020: Navio Escola Sagres volta a ser a casa de Portugal

Jogos Olímpicos

em

Navio Escola Sagres, Rio 2016. Foto: Arquivo

O Navio Escola Sagres vai ser a casa de Portugal nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, à semelhança do que aconteceu no Rio2016, anunciou hoje o Comité Olímpico de Portugal (COP).


A assinatura do protocolo entre o COP e a Marinha aconteceu hoje em Lisboa, durante uma cerimónia a um ano do início dos Jogos de Tóquio.

A presença do Navio Escola Sagres em Tóquio está integrada na quarta viagem de circum-navegação da embarcação da Marinha, num ano em que se celebram os 500 anos da volta ao mundo de Fernão de Magalhães.

O Chefe do Estado Maior da Armada, o almirante António Maria Mendes Calado, disse que é “com gosto” que a Marinha se volta a associar ao COP, “com um símbolo e uma referência” do país.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 realizam-se de 24 de julho a 09 de agosto.

Anúncio

Desporto

Tóquio2020 com diferentes cenários consoante a pandemia de covid-19 em 2021

Jogos Olímpicos

em

Foto: DR / Arquivo

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, disse hoje que, face à incerteza de como será a situação da pandemia em 2021, os Jogos Olímpicos Tóquio2020 estão a ser preparados para se adaptarem a diferentes cenários.

Thomas Bach destacou que nos últimos meses ocorreram desenvolvimentos notáveis que convidam ao otimismo em relação a Tóquio2020, incluindo o desenvolvimento de uma vacina ou a “retoma de um grande número de eventos desportivos” em todo o mundo.

O presidente do COI, que falava à margem da reunião da comissão de coordenação entre o organismo a que preside e os organizadores dos Jogos Olímpicos, por videoconferência, considerou Tóquio2020 um evento próprio para “um mundo pós-covid-19”.

O alemão Thomas Bach destacou os jogos das principais ligas do Japão realizados no último fim de semana, pela primeira vez com a presença de mais de 5.000 espectadores nas bancadas e “eventos complexos como o Tour de France e outros”.

“Isso demostra que podemos desenvolver eventos desportivos mesmo sem a vacina”, disse Bach, que, no entanto, admitiu a impossibilidade de se saber com detalhe a evolução da pandemia nos próximos 10 meses, bem como as respostas médicas contra a covid-19.

No atual contexto de incertezas causadas pelo vírus, “os governos de muitos países não podem nem garantir que alguém poderá entrar ou sair na próxima semana” devido às restrições que são aplicadas nas viagens, disse o presidente do COI.

“O que podemos fazer é estabelecer princípios com os quais trabalhar, e isso consiste em organizar Jogos adequados para o mundo pós-covid-19 e uma ‘caixa de ferramentas’ de medidas que podemos tomar quando chegar a hora e de acordo com o cenário”, explicou.

Thomas Bach pediu, por isso, “sacrifícios” e “criatividade” a todos os atores envolvidos no movimento olímpico para “tomar decisões no momento adequado” quanto às condições de movimentação dos atletas e mudanças nas regras e regulamentos que se aplicam a Tóquio2020.

Apesar de todas as dificuldades, Thomas Bach expressou a sua confiança de que os Jogos Olímpicos programados para o verão de 2021 em Tóquio [de 23 de julho a 08 de agosto] “serão um sucesso”, bem como “históricos em muitos aspetos”.

A reunião entre o COI e os anfitriões japoneses vai durar até sexta-feira e concentrar-se-á nos últimos avanços nos preparativos para Tóquio2020 e nas propostas dos organizadores para “simplificar” o evento, adiado para 2021 devido à pandemia.

O presidente do comité organizador, Yoshiro Mori, explicou que a prioridade para Tóquio2020 consiste em identificar formas de reduzir o custo e a complexidade dos Jogos, além de definir medidas de segurança sanitária para os atletas, tarefas que eles esperam concluir até o final do ano.

Continuar a ler

Futebol

Fernando Santos divulga convocados de Portugal em 1 de outubro

Liga das Nações

em

Fernando Santos. Foto: Divulgação / FPF / Arquivo

O selecionador Fernando Santos anuncia em 01 de outubro a lista de convocados de Portugal para os três jogos que vai realizar nesse mês, dois a contar para a Liga das Nações, divulgou hoje a Federação Portuguesa de Futebol.

Fernando Santos vai revelar os convocados na Cidade de Futebol, em Oeiras, às 12:30.

Em 7 de outubro, Portugal defronta a Espanha num encontro particular que vai decorrer no Estádio José Alvalade, em Lisboa, seguindo-se dois jogos a contar para o Grupo 3 da Liga das Nações.

Quatro dias depois, a seleção nacional, que conquistou a primeira edição da prova, regressa pela primeira vez ao Stade de France desde que venceu o Euro2016 para enfrentar a França e, em 14 de outubro, volta a atuar em Alvalade perante a Suécia.

Portugal lidera o Grupo 3 da Liga A da Liga da Nações com seis pontos, em igualdade com a França, embora tenha vantagem no número de golos marcados. Suécia e Croácia continuam com zero.

Logo após a divulgação de Fernando Santos, será a vez do selecionador de sub-21, Rui Jorge, revelar as escolhas para os próximos jogos do Grupo 7 de qualificação para o Campeonato da Europa 2021 frente à Noruega, em 9 de outubro, no Estoril, e em Gibraltar, em 13.

Continuar a ler

Liga Europa

Sporting e Rio Ave defrontam Aberdeen e Besiktas na terceira pré-eliminatória

Liga Europa

em

Foto: DR / Arquivo

Sporting e Rio Ave defrontam hoje Aberdeen e Besiktas, respetivamente, na terceira pré-eliminatória da Liga Europa de futebol, tentando prosseguir um caminho que os leve à fase de grupos e à companhia de Sporting de Braga e Benfica.

A equipa lisboeta está a viver um momento conturbado, com a deteção de 12 elementos da equipa principal infetados com covid-19, entre os quais nove jogadores e o treinador Rúben Amorim, o que levou o Sporting a isolar-se num estágio no Algarve.

O jogo frente aos escoceses, no estádio José Alvalade (20:00), marca a estreia dos ‘leões’ em jogos oficiais na nova época, depois de a partida frente ao Gil Vicente, da primeira jornada da I Liga, ter sido adiada devido a resultados positivos nos testes à covid-19 nas duas formações.

O Rio Ave tem passado ao lado da pandemia nesta fase inicial da época, mas encontrará na visita a Istambul (18:00) um adversário mais complicado de derrotar, que foi eliminado na fase de qualificação da Liga dos Campeões pelo PAOK, antes de o conjunto treinado pelo português Abel Ferreira repetir a façanha frente ao Benfica.

Caso se imponham nos jogos de hoje, Sporting e Rio Ave terão ainda de superar os vencedores dos jogos LASK-Dunajska Streda e AC Milan e Bodo/Glimt, respetivamente, no ‘play-off’ de acesso à fase de grupos da Liga Europa, na qual o Braga entrou diretamente e o Benfica por força da eliminação na ‘Champions’.

Continuar a ler

Populares