Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Ponte de Lima. Projeto campeão mundial vai ser testado e desenvolvido pela Land Rover

em

Foto: Thiago Correia

Os alunos da Escola Secundária de Ponte de Lima, que ganharam o Campeonato do Mundo de Land Rover 4×4 In Schools e foram rececionados esta sexta-feira, receberam ainda mais boas notícias para o futuro.

O projeto inovador vai ser testado num carro real pela parte de desenvolvimento da Land Rover, os jovens vão ter a oportunidade de ingressar a academia da empresa no Reino Unido para poderem fazer sua formação académica a nível de construção de automóveis na área que tiverem o melhor desempenho. E o carro desenvolvido na Secundária de Ponte de Lima vai fazer uma turnê inédita pelas escolas britânicas.

“Eles vão ter uma fase preparatória com a professora de línguas para fazer trabalhos preparatórios até acabarem o curso, o 12º ano. Depois vão ser conduzidos numa visita a Land Rover Jaguar, para conhecerem a fábrica e o centro de formação, numa tentativa de integração. Eles são muito jovens, para que se faça lentamente. Vai ter uma abordagem por parte das várias especialidades que a própria fábrica tem, para ver as melhores competéncias de cada um deles, e só depois que se iniciará a formação a nível superior dentro daquilo que é específico. A Land Rover busca caçar talentos, verificar miúdos desta idade, com competências técnicas para essa área, e fazer um aproveitamento onde são melhores”, explicou o professor Carlos Urbano Rodrigues, que levou os jovens a Abu Dhabi, ao O MINHO.

“Quando entramos nesse projeto, viemos com a missão de ganhar o Mundial e ir para a Inglaterra, era o sonho quando começamos. Vamos agarrar com unhas e dentes, dar o melhor para fazer a Land Rover Jaguar ficar orgulhosos de nós. Vamos fazer de tudo para ficar lá, trabalhar com pessoas de alto nível”, disse Luís Ligeiro, um dos alunos envolvidos, ao O MINHO.

Com menos verba que grande parte dos concorrentes, o carro limiano surpreendeu o júri principalmente por um conjunto de oito amortecedores no projeto da suspensão.

“Nunca tinham visto nada parecido. Prometeram que, quando viram o comportamento do carro em pista, que tinha a ver com esse conceito, que a parte do desenvolvimento da Land Rover Jaguar ia testar num carro real, para ver se tinha esse desempenho. Para nós, além dos prémios, é um orgulho”, disse Carlos Urbano Rodrigues.

A Land Rover Jaguar gostou tanto do projeto da escola, que vai levar o modelo às escolas britânicas para que seja exemplo do que deve ser levado à competição. Algo nunca feito.

“Eles querem pegar no carro, fazer uma turnê às escolas associadas, que há centenas, e apresentar como carro exemplo, que eles interpretam que todas as escolas deveriam apresentar. Para nós é um orgulho saber que o nosso carro está a ser passado nas escolas como exemplo do melhor carro que apareceu nos Mundiais”, concluiu Urbano.

Populares